STF reage contra militares e procuradores envolvidos em suposta conspiração

O Supremo Tribunal Federal reagiu - na manhã desta terça-feira (16) - contra aqueles que supostamente conspiram para enfraquecer a Instituição; o periódico Folha de São Paulo não usa o termo 'conspiração', na luta pelo poder, porém - com país na iminência de se atolar em uma ditadura aberta -, o nome dessa manobra que envolve militares da reserva e procuradores é conspiração, sim, para enfraquecer um dos poderes da república - o STF.


Do Painel da Folha - O ministro Alexandre de Moraes não vai arredar pé. No esteio do inquérito que apura fake news contra ministros – e que abarcou a censura nesta segunda (15) dos sites O Antagonista e Crusoé – foram autorizadas dez operações de busca e apreensão em seis estados do país. Na mira, computadores, telefones e documentos. Militares da reserva que pregaram o fechamento do STF entraram na linha de tiro, assim como alguns procuradores, que foram chamados a prestar depoimento.

As novas movimentações mostram que o inquérito aberto para apurar ataques à corte vai servir a vários flancos – e que ele marca novo patamar na tensão entre procuradores e o STF. Investigadores que acusaram o STF de pactuar com a corrupção serão ouvidos.

No caso que envolve a notícia divulgada por Crusoé, procuradores que tiveram contato com o documento que cita o presidente do STF, Dias Toffoli, serão ouvidos. Ministros dizem que é preciso entender 1) o timing da provocação que levou à menção e 2) o vazamento e suas motivações.

(...)

___
STF reage contra militares e procuradores envolvidos em suposta conspiração STF reage contra militares e procuradores envolvidos em suposta conspiração Reviewed by DMM on terça-feira, abril 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD