Header AD

Camilo repudia comemoração do aniversário do golpe de 64 determinado por Bolsonaro

O deputado Camilo Capiberibe (PSB) pede repúdio da Câmara dos Deputados à comemoração do aniversário do golpe de 1964, proposta pelo presidente de extrema direita, Jair Bolsonaro. "Comemorar o golpe de 1964 é um escárnio à memória de mortos e desaparecidos"

Captura-de-tela-2019-03-27 às 07-51-06
O deputado federal Camilo Capiberibe (PSB/AP) pediu ao presidente Rodrigo Maia (DEM/RJ), da Tribuna da Câmara federal, para que o Parlamento se manifeste oficialmente contrário à determinação do presidente Jair Bolsonaro de comemorar o golpe de 1964. Ele chamou de comemoração do arbítrio e da total quebra da institucionalidade.

—'Determinar que se comemore isso é lamentável, antidemocrático e um alarmante sinal dos tempos absurdos que estamos vivendo. Essa Casa que representa a democracia, essa Casa que promulgou a Constituição Cidadã de 1988 não pode ficar em silêncio nesse momento', afirmou o socialista.

O deputado lembrou ainda que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), nasceu no Chile por conta do exílio da sua família, perseguida pela ditadura civil-militar. O próprio Camilo nasceu em território chileno, onde seus pais João e Janete Capiberibe estavam exilados.




___
Camilo repudia comemoração do aniversário do golpe de 64 determinado por Bolsonaro Camilo repudia comemoração do aniversário do golpe de 64 determinado por Bolsonaro Reviewed by DMM on quarta-feira, março 27, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD