Header AD

“É uma desumanidade”, afirma o deputado Camilo sobre a reforma da Previdência

Camilo Capiberibe reafirmou, nesta quarta, 20, que não apoiará os itens da reforma da Previdência que retiram direitos da população trabalhadora. “Se tiver uma casa pra morar, corre o risco de não receber. É uma desumanidade”, afirma Camilo. “Precisamos corrigir as desigualdades sem penalizar os que já recebem pouco. É preciso passar um pente fino nas aposentadorias milionárias, apertar o cerco sobre os devedores e sonegadores e acabar com a Desvinculação dos Recursos da União – DRU – que tira 30% da arrecadação da Previdência para outros fins”

Foto-divulgação
O deputado federal Camilo Capiberibe (PSB) reafirmou, nesta quarta, 20, que não apoiará os itens da reforma da Previdência que retiram direitos da população trabalhadora. A proposta levada ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) aumenta a idade mínima da aposentadoria para homens e mulheres, o tempo efetivo de contribuição, obriga a contribuição dos agricultores familiares e reduz o valor dos benefícios. Entre outras modificações, para alcançar a aposentadoria integral, o trabalhador precisará contribuir por 40 anos.

O período de transição também aumenta a idade mínima e o tempo de contribuição e reduz o benefício a ser recebido pelos trabalhadores da iniciativa privada e do serviço público. O Benefício de Prestação Continuada só será pago aos idosos em situação de miserabilidade acima dos 70 anos. “Se tiver uma casa pra morar, corre o risco de não receber. É uma desumanidade”, afirma Camilo.

“Precisamos corrigir as desigualdades sem penalizar os que já recebem pouco. É preciso passar um pente fino nas aposentadorias milionárias, apertar o cerco sobre os devedores e sonegadores e acabar com a Desvinculação dos Recursos da União – DRU – que tira 30% da arrecadação da Previdência para outros fins”, afirma o socialista.

“Esta proposta vai garantir uma renda apertada para a maioria dos aposentados e abrir um mercado para a previdência privada, empurrando pra lá os trabalhadores de classe média, ao mesmo tempo em que reduz a arrecadação da Previdência Pública. É um tiro no pé”.

O deputado Camilo é favorável que os ocupantes de cargos públicos eletivos, como deputados e senadores, se aposentem pelo INSS com o valor limitado ao teto da previdência social.
__
“É uma desumanidade”, afirma o deputado Camilo sobre a reforma da Previdência “É uma desumanidade”, afirma o deputado Camilo sobre a reforma da Previdência Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, fevereiro 20, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD