Header AD

Exílio e ameaças de morte a Jean Wyllys repercutem no mundo civilizado.

O jornal francês Libération destacou que "ameaçado de morte, o único deputado brasileiro abertamente gay deixa a política e se exila" O New York Times destaca a frase de Wyllys de que ele “precisa se manter vivo” e afirma que seguidores do presidente Bolsonaro reagiram com “comentários homofóbicos” ao anúncio.


Na Revista Exame/São Paulo — A decisão repentina de Jean Wyllys de deixar o Brasil e não assumir seu terceiro mandato como deputado federal pelo PSOL, devido às ameças que vem recebendo, foi descrita pela imprensa internacional como uma situação de violência e de exílio.

Primeiro parlamentar a defender abertamente a bandeira dos LGBT, anunciou nesta quinta-feira (24) que se “dedicará à vida acadêmica”.

A publicação descreve que Wyllys era oposição do presidente Jair Bolsonaro e relembra que ele vivia sob escolta desde o assassinato de Marielle Franco.


“Oponente do presidente Jair Bolsonaro, em quem cuspiu no dia da destituição de Dilma Rousseff, em 2016, após ouvir dele declarações homofóbicas, Wyllys vivia sob escolta policial depois do assassinato, em março, de sua colega no PSOL Marielle Franco, ela também ativista negra e bissexual”, escreve.

O New York Times destaca a frase de Wyllys de que ele “precisa se manter vivo” e afirma que seguidores do presidente Bolsonaro reagiram com “comentários homofóbicos” ao anúncio.

[...]
___


Exílio e ameaças de morte a Jean Wyllys repercutem no mundo civilizado. Exílio e ameaças de morte a Jean Wyllys repercutem no mundo civilizado. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, janeiro 26, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD