Header AD

Sem merenda, alunos são liberados mais cedo no Amapá.

A vida estudantil tornou-se difícil na Escola de Jardim de Infância, Mãe Angélica. O educandário coloca aviso no mural informando aos pais e responsáveis sobre a dispensa antecipada dos alunos por que as escolas não têm merenda para servir. Em 2014, a escola havia recebido R$ 31 mil para este fim; neste ano, até outubro, recebeu menos de R$ 9 mil.

Foto - reprodução Facebook
A situação de falta de merenda se estende para outras escolas do Estado, impactando na vida dos alunos. O professor e doutor da Universidade Federal do Amapá (Unifap), Adalberto Carvalho Ribeiro, disse que a fome impede o bom desempenho, afeta o aprendizado e, consequentemente, o futuro desse aluno. "Crianças não podem passar quatro horas interruptas sem se alimentar. Esse deve ser um direito inalienável que tem relação direta com sua capacidade de concentração, sem contar que muitas dessas crianças nem ao menos se alimentaram no dia anterior. Lamentavelmente, os órgãos de fiscalização têm feito vistas grossas para essas situações", comentou.

Alunos e pais devem estar se perguntando por que falta merenda nas escolas.

A desculpa poderia ser a suposta crise financeira do Estado, no entanto, ela cai por terra quando se busca informações nos portais de transparência. No site do Tesouro Nacional, cujo link está no final do texto, é possível verificar que não houve queda nas transferências constitucionais. Em 2014, o Estado recebeu R$ 2 bilhões 641 milhões da União. Em 2017, o valor subiu para R$ 2 bilhões e 811 milhões. E até outubro deste ano, o valor já é de R$ 2 bilhões 611 milhões. Seguindo a média dos últimos repasses, até o final do ano, o valor será igual ou superior ao repassado em 20017. O estado ainda tem arrecadação própria, como o ICMS e o IPVA.

Sites para consulta das transferências constitucionais federais.

www.transparencia.ap.gov.br
http://sisweb.tesouro.gov.br/apex/f?p=2600:1

___
Sem merenda, alunos são liberados mais cedo no Amapá. Sem merenda, alunos são liberados mais cedo no Amapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, novembro 22, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD