Header AD

Waldez vai demitir mais 480 vigilantes.

Trabalhadores protestam contra medida do governador Waldez Góes, que colocará no desemprego quase 500 vigilantes do Estado.


A Procuradoria-Geral do Estado do Amapá (PGE) do governo de Waldez Góes (PDT) homologou na quarta-feira 10/10/2018 a Ata de Registro de Preço do Pregão para a prestação do serviço de vigilância e monitoramento eletrônico nos órgãos da área administrativa do governo do estado (Sead e Sesa) com a empresa New Line Sistema de Segurança.

Esta pode ser considerada pelos trabalhadores vigilantes como mais uma medida desastrosa do governo de Waldez Góes. A demissão de 480 vigilantes contribuirá para elevação do maior índice estadual de desempregados do Brasil, hoje com 21%. São pais e mães de família que trabalham na Sead lotados nas secretarias do estado que perderão seus salários, como aqueles mais de 2000 mil demitidos dos postos de trabalho nas escolas estaduais da capital e do interior.
Reação dos vigilantes.

Os vigilantes convidam todos os trabalhadores do setor para protestar contra o fim dos contratos e demissão dos postos da Secretaria da Administração pelo governo Waldez e pela liberação dos valores referente ao pagamento das suas indenizações.

Data: 23/10/2018 (Terça-feira)
Hora: 8:00 da manhã

Local: Frente do Palácio

Vigilantes lutando pelos seus direitos.
___
Waldez vai demitir mais 480 vigilantes. Waldez vai demitir mais 480 vigilantes. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 22, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD