Header AD

PSB quer anular eleição ao Senado, por interferência do TRE/AP no resultado.

Anúncio foi feito por Camilo Capiberibe em uma emissora de rádio local, sob o argumento de que o TRE do Amapá interferiu diretamente no resultado da eleição ao tornar nulos os votos da candidata Janete Capiberibe, até o término do pleito.

Asscom/PSB
O deputado federal eleito Camilo Capiberibe (PSB) anunciou, nesta quinta-feira (11) ao jornalista Luiz Melo, que o PSB entrou na justiça com pedido de anulação da eleição para o Senado no Amapá, sob o argumento de que, ao decidir pela anulação dos votos da deputada Janete Capiberibe, que disputava uma vaga se senadora e foi derrotada, interferiu diretamente no resultado do pleito.

 — ‘Em 2015 o PT teve falhas e deixou prestar contas, mas a decisão do TRE (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá ) com base em uma Resolução do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que é contrária à Constituição Federal, só quem pode criar Lei são parlamentares’, disse. Para o PSB, a decisão de anular os votos dos candidatos majoritários do PSB atingiu diretamente não só a deputada Janete, que estava 7% na frente da disputa de acordo com o Ibope, mas os candidatos do PPS, PT e PSL.

Camilo ressaltou que os Tribunais, há tempo, buscam substituir o papel dos parlamentares, que só têm a força que têm porque foram eleitos pelo povo.

 Deputado mais votado nessas eleições, Camilo justificou a ação de anulação do pleito para o Senado.

— ‘Entramos com pedido de anulação da eleição para o Senado contra esse dispositivo, porque prejudicou vários candidatos, como a deputada Janete, o Jorge Amanajás e o Ricardo Santos, além do próprio senador Capí, com a impugnação do vice Marcos Roberto, interferindo diretamente no resultado das urnas’, esclareceu.

 Camilo explica ainda que os prejuízos foram “absurdos”, porque somente após as 17h de domingo, depois de decisão do Ministro Og, do TSE, foi que os votos do Capí e da Janete foram validados. “Tivemos que correr para tentar reverter os impactos causados pela decisão do TRE. E acreditamos que o Supremo (STF) vai derrubar porque a medica é inconstitucional”.

Ele reitera também que o TRE/AP já constituiu maioria pelo indeferimento da substituição de Marcos Roberto como candidato a vice de Capí, o que em tese pode tirar o candidato do PSB do 2º turno da eleição ao governo. Para o deputado eleito “se não for alterada pelo próprio TRE na retomada do julgamento, será derrubada pelo STF, por ser inconstitucional” avalia.
 ___

PSB quer anular eleição ao Senado, por interferência do TRE/AP no resultado. PSB quer anular eleição ao Senado, por interferência do TRE/AP no resultado. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, outubro 11, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD