Header AD

Wadih Damous: “Gebran e Thompson Flores são criminosos”.

Deputado Wadih Damous, do PT do Rio de Janeiro, bate pesado nos dois magistrados que agiram fora da lei para manter ex-presidente Lula preso ilegalmente, no dia 8 de julho passado. “Gebram e Thompson Flores são dois criminosos, fora da lei. Só num estado de exceção se explica que ainda sejam juízes”. Em uma democracia, de fato, ambos magistrados estariam presos, caso se revela mais uma vez, que existe parte do Judiciário engajado, como um quadrilha impostora agindo para prejudicar ex-presidente, favorito para vencer eleição Presidencial de outubro.


No DCM --- O deputado Wadih Damous, um dos autores do habeas corpus em favor de Lula que foi atendido em liminar no plantão do desembargador Rogério Favreto, no dia 8 de julho, ficou indignado com a revelação feita por João Pedro Gebran Neto de que fugiu da letra fria da lei para tomar uma decisão que manteve Lula na cadeia. Na prática, ignorou a lei.

Havia um alvará de soltura, expedido por Favreto em seu plantão no Tribunal Regional Federal da 4a. Região, mas Gebran, contrariando a determinação da autoridade competente naquele dia, deu uma contraordem à PF.

Wadih e o também deputado Paulo Pimenta, outro autor do HC, estavam da porta da PF, com a ordem de soltura. Mas ela não foi cumprida.

O presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, foi citado pelo diretor da PF, Rogério Garollo, em entrevista ao Estadão, publicada hoje. Garollo conta que recebeu um telefonema de Thompson Flores em que ele disse: “Estou determinando. Não soltem!”

Prevaleceu o telefonema, em detrimento do alvará. Pela lei, Lula deveria ter sido solto, ainda que, no dia seguinte, a decisão fosse cassada, e o ex-presidente voltasse a ser preso.

Mas as autoridades se empenharam, fora do que prevê a lei, para evitar esse gostinho ao ex-presidente.

“Gebram e Thompson Flores são dois criminosos, fora da lei. Só num estado de exceção se explica que ainda sejam juízes”, afirmou Wadih Damous, que foi presidente da OAB no Rio de Janeiro.
___
Wadih Damous: “Gebran e Thompson Flores são criminosos”. Wadih Damous: “Gebran e Thompson Flores são criminosos”. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, agosto 13, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD