Header AD

Servidores estaduais da Educação entram em greve nesta quarta-feira,4.

Os servidores estaduais da Educação iniciam greve geral por tempo indeterminado nesta quarta-feira (4), informou o Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap). Entre as reivindicações da categoria estão o reajuste das perdas salariais que ultrapassam 60%; condições de trabalho; salário integral, entre outras demandas. Os professores estão sem aumento salarial desde a data-base de 2014, há 4 anos, portanto.

Foto: Sinsepeap
De acordo com a categoria, o movimento começou porque o governo Waldez não repôs perdas salariais de mais de 60%, desde que assumiu o Executivo, em 2015. Os professores também exigem o fim do parcelamento dos salários; fim dos assaltos nas escolas, que se intensificaram desde que o governador extinguiu contrato com os vigilantes e fim do descaso com a Educação no Amapá.

---'A luta do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá - SINSEPEAP é, sobretudo, pela valorização do profissional da área. O pagamento parcelado dos nossos salários, os reajustes acumulados (que ultrapassam os 60%) e o crescente índice de assaltos nas nossas escolas, que instalaram um sentimento de insegurança em nosso ambiente de trabalho são algumas bandeiras que representam um único cenário: o DO DESCASO COM A EDUCAÇÃO NO AMAPÁ'--- informa o comunicado do Sinsepeap à imprensa.

Segundo o Sindicato, o governador Waldez tentou impedir a greve, assim como se manteve indiferente à mesa de negociação com o Sindicato até a data desta terça-feira (3). Os sindicalistas afirmam, também, que o descaso do governador pode ser conferido pelos documentos assinados pelo chefe de gabinete Marcelo Rosa, em resposta às reivindicações da classe.

O Sinsepeap comunicou ainda que foi convidado pelo gabinete do desembargador Carmo Antônio, do Tribunal de Justiça do Amapá, para uma audiência que ocorreu nesta terça-feira (3), no entanto nada foi resolvido sobre as demandas da classe.

O Sindicato informa sobre a legalidade do movimento grevista."Esclarecemos ainda que todas as formalidades legais quanto ao movimento paredista (GREVE), marcado para iniciar no dia 04 (quarta-feira), foram tomadas e nesse sentido não há nenhuma decisão sobre ilegalidade. Por isso, solicitamos que a categoria se mantenha atenta às contra informações com o intuito de desmobilizar nossa luta. Vamos manter a unidade. Juntos somos fortes!", incentiva a direção do Sinsepeap.
___

Servidores estaduais da Educação entram em greve nesta quarta-feira,4. Servidores estaduais da Educação entram em greve nesta quarta-feira,4. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, abril 03, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD