Header AD

Membros do MBL/AP são agredidos por seguranças Davi em Santana.

Um vídeo que circulou nas redes sociais neste final de semana, postado pelo movimento de extrema direita (MBL/AP), mostra supostos agressores aos integrantes do grupo no comício de lançamento da pré-candidatura de Davi Alcolumbre ao governo do Amapá, realizada no último sábado, em Santana. O episódio teria culminado em agressões e a retirada dos integrantes do movimento do MBL do local do evento.


O evento que aconteceu no último sábado, 21, no município de Santana, teve como objetivo tentar fortalecer o nome do candidato do emedebista Michel Temer no segundo maior colégio eleitoral do estado.

Os integrantes do MBL tentaram realizar entrevistas para a internet e questionar os principais políticos presentes no ato, dentre eles o prefeito de Macapá, Clécio Luis (Rede), que evitou as perguntas sobre suposto envolvimento do seu nome na delação de um dos executivos da Odebrecht.

Segundo as imagens, ao perceberem que membros do MBL estavam no local, no comício que lançava oficialmente Davi como pré-candidato ao governo, seguranças e policiais à paisanas iniciaram um processo de intimidação e até agressão contra um dos coordenadores do MBL/Amapá. Após as diversas tentativas de tentar entrevistar Davi, mas sem obter sucesso, os integrantes do movimento passaram a ser emparedados por supostos seguranças.

Desgaste político em Santana

O senador Davi vem sofrendo desgaste político no município desde as eleições de 2016, devido ao seu polêmico posicionamento na última semana da disputa eleitoral para prefeitura de Santana. Naquele pleito, faltando uma semana para o término da campanha eleitoral, Davi Alcolumbre abandonou e retirou seu apoio político à ex-candidata à prefeita pelo DEM, professora Zilma, que ficou em quarto lugar na disputa da eleição.

Davi foi duramente criticado por militantes do DEM e apoiadores da ex-candidata Zilma, sendo tachado de “traíra”, já que o senador abandonou ela na reta final e se juntou ao senador Randolfe Rodrigues no palanque da também ex-candidata derrota professora Marcivânia , do PCdoB.

Após ser descartada, Zilma se desfiliou do DEM e embarcou no PDT do governador Waldez Góes, onde deve disputar a eleição em 2018 para o cargo de deputada federal.

Veja as cenas da confusão, aqui.

___
Membros do MBL/AP são agredidos por seguranças Davi em Santana. Membros do MBL/AP são agredidos por seguranças Davi em Santana. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, abril 23, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD