Header AD

Manifestantes protestam em Macapá contra atentado político que matou Marielle Franco.

Ato concentrado na Praça Veiga Cabral reuniu cerca de 250 pessoas. Com música, poesia, discursos, faixas e gritos de ordem, participantes falaram da representatividade da vereadora do Rio de Janeiro.

Foto: Rita Torrinha/G1-Ap.
No G1-Ap --- Em Macapá, um grupo de manifestantes se reuniu nesta sexta-feira (16) na Praça Veiga Cabral, no Centro comercial, em protesto a morte da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (Psol), morta a tiros na quarta-feira (14) dentro de um carro na região Central da cidade. O motorista dela, Anderson Gomes, também foi baleado e morreu.

Representantes de categorias sindicalistas, movimentos feministas e LGBT, artistas, estudantes e lideranças políticas mobilizaram o ato na capital, que reuniu cerca de 250 pessoas, segundo a coordenação. A manifestação iniciou por voltas das 17h30 e pretende seguir até às 21h

A professora Carolina Lazameth lamentou a morte da vereadora e disse que as manifestações que acontecem em todo o país demonstram a simbologia de Marielle.

“Quem a matou não matou só uma mulher, quiseram calar a representatividade dela. Negra, lésbica, que veio da favela e que claramente era defensora dos Direitos Humanos e das minorias. E não só ela, o Anderson representa milhares de pessoas que são assassinadas no ofício de seu trabalho”, disse Lazameth, uma das coordenadoras do manifesto.

Nos bancos da praça, os participantes pintaram cartazes com frases de ordem e pedidos de justiça. No microfone, eles também lembraram da vereadora, através de palavras: “Marielle presente”, “Nem uma a menos”, “Quem mexeu com Marielle atiçou um formigueiro”.

Para a estudante de direito Adriele Aragão, de 21 anos, a mobilização mostra que os universitários estão insatisfeitos e se sentem inseguros.

“Estamos em um grupo grande aqui. É uma forma de mostrar que a população universitária amapaense considera a democracia extremamente fragilizada. Nós estamos com medo e de certa forma é a maneira de demonstrarmos o nosso repúdio”, declarou.

Representante da classe artística, o músico e bancário Alexandre Avelar participou do ato junto com a família.

“Ela era uma líder, à frente da resistência dessa sociedade machista, corrupta. As famílias precisam apoiar pessoas que estão no ‘front’, lutando diariamente pelas minorias”, falou.

[...]
___
Manifestantes protestam em Macapá contra atentado político que matou Marielle Franco. Manifestantes protestam em Macapá contra atentado político que matou Marielle Franco. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, março 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD