Header AD

Aliança entre PSB/PT/PSOL avança e enfraquece Davi e Waldez.

Aliança entre os partidos PSB/PT e PSOL em torno da candidatura do senador socialista, João Capiberibe, ao governo do Amapá avança e enfraquece candidaturas de Waldez e Davi na corrida pelo Executivo Estadual.


Apesar de o senador João Capiberibe (PSB-AP) anunciar que só vai decidir se vem candidato ao Governo ou Senado no próximo dia 23 de Março, movimentação do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) mostram que o Campo Progressista deverá ter uma candidatura ao governo, e ao mesmo tempo enfraquece as candidaturas do atual governador Waldez Góes (PDT-AP) e do senador Davi Alcolumbre (DEM-Ap), que já davam como certas as duas legendas de esquerda em suas coligações.

Waldez Góes (PDT) sofreu uma dura derrota política no último sábado (10), quando o grupo majoritário que possuía maioria de delegados para aprovar uma aliança com o PDT de Waldez Góes, teve que recuar de suas pretensões após uma orientação de dirigentes nacionais da legenda de vetar qualquer antecipação de apoio partidário, sem antes passar pelo crivo da Executiva Nacional do PT.

Por ter votado contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) e defender a participação do ex-presidente Lula (PT) na eleição presidencial deste ano, Capiberibe tem o apreço da direção Nacional do PT, que deve orientar aliança com o PSB no Amapá. Capi tem conversado com diversos grupos do PT local e tem apoio principalmente da base Sindical, em especial, a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Por outro lado, uma conversa nesta segunda-feira (11) entre o senador socialista e o presidente do PSOL, Djalma Teixeira, e o deputado estadual Paulo Lemos (PSOL-AP), praticamente foi fechado uma aliança à proporcional com perspectiva de fechamento na majoritária, segundo o próprio deputado Paulo Lemos informou nesta terça-feira (12), ao ser sondado sobre o assunto. "Estamos abertos ao diálogo para o governo".

O PSOL - que é da base do prefeito Clécio Luís (Rede) - era tido como certo no apoio à candidatura do senador Davi Alcolumbre ao governo. No entanto, as novas mexidas no tabuleiro político Tucuju mostram que se de fato o senador Capi decidir sair candidato ao governo, o campo progressista já iniciará com PSB/PT/PSOL.
____

Aliança entre PSB/PT/PSOL avança e enfraquece Davi e Waldez. Aliança entre PSB/PT/PSOL avança e enfraquece Davi e Waldez. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, março 13, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD