Header AD

Macapá é homenageada no Senado Federal por seus 260 anos.

O Plenário do Senado ficou lotado nesta segunda-feira (19), no início da tarde, durante sessão especial da Casa que homenageou a cidade de Macapá, a capital do Amapá, por seus 260 anos de fundação.


Estiveram presentes à sessão, além dos três senadores pelo estado, o vice-governador Papaléo Paes (sem partido) e o prefeito da cidade, Clécio Luís (Rede), além de representantes do Poder Judiciário, da sociedade civil, do mundo acadêmico e da vida cultural macapaense.

A sessão foi aberta por uma apresentação da cantora Brenda Melo, que acompanhada de Val Milhomem e os músicos Nena Silva e Allan Gomes, interpretaram a canção Jeito Tucuju, além dos hinos oficial e popular do estado em ritmo de MPB.

Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que presidiu a sessão, lembrou que os eventos oficiais ligados ao aniversário da cidade tem se realizado desde o início do mês (o aniversário é no dia 4), e espera que a sociedade aproveite o momento para se engajar na Plataforma Macapá 300 Anos. Esta é uma iniciativa da prefeitura que objetiva, por meio de consultas diretas à população, a definição de novas metas e políticas públicas em todas as áreas sociais e de infraestrutura para o município.

Em seu pronunciamento, Davi Alcolumbre (DEM-AP) reforçou que a bancada, tanto no Senado quanto na Câmara dos Deputados, continuará se esforçando visando o incremento dos investimentos federais, pois entende que Macapá ainda tem um déficit de desenvolvimento se comparada a outras capitais do país.

O senador João Capiberibe (PSB-AP), que foi prefeito de Macapá entre os anos de 1989 e 1993, também discursou na solenidade e afirmou que cresceu junto com a cidade. “Eu desembarquei em Macapá em 1955 e fui morar no hoje Perpétuo Socorro, que se chamava Igarapé das Mulheres. Eu cresci ali, estudei no Colégio Barão do Rio Branco, depois, no Colégio Amapaense, na Escola Normal. Devo tudo que sou à minha cidade”.

Capiberibe lembrou ainda de importantes obras do seu governo, como a restauração da Fortaleza de Macapá e também a urbanização do entorno, além do Trapiche Eliezer Levy, que virou um ponto turístico. “A cidade não podia ficar sem o Trapiche, até porque a cara da cidade de Macapá é o Trapiche, a Fortaleza e a Pedra do Guindaste, com São José protegendo a cidade. Essa é a cara de Macapá vista do rio e o rio é na verdade o fascínio da cidade”, afirmou.

(Com informações da Ag. Senado)
___
Macapá é homenageada no Senado Federal por seus 260 anos. Macapá é homenageada no Senado Federal por seus 260 anos. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, fevereiro 19, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD