Header AD

No AP, 4 ex-deputados estão presos na penitenciária estadual - Iapen.

Com prisão do ex-deputado Badú Picanço, hoje, soma-se quatro ex-deputados presos por corrupção na penitenciaria estadual. Picanço deu entrada no Iapen nesta sexta-feira (16). Ele é suspeito de envolvimento na operação ‘Garimpeiros da Propina’, deflagrada pela PF na manhã desta quinta-feira (15). Com a prisão, ele se junta a Edinho Duarte, Moisés Souza e Antônio da Justa Feijão.


Atualizado em 16/02/2018, às 22h53' - De acordo com informações do portal G1/AP, a direção do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) confirmou a entrada na unidade do ex-deputado federal Badú Picanço, ás 12h desta sexta-feira (16). Ele ocupa uma cela coletiva, com outros 3 pessoas, em pavilhão destinado aos presos com ensino superior.

Picanço tem a companhia prisional dos ex-deputados Antônio Feijão, Moisés Souza e Edinho Duarte. Enquanto os dois últimos já condenados por corrupção, os dois primeiros são investigados, acusados de envolvimento com pagamentos de propinas a agentes do governo estadual e federal. Eles foram presos na operação "Garimpeiros da Propina", deflagrada pela Polícia Federal na quinta-feira (15), uma continuação das operações Minamata e Estrada Real, que investiga crimes praticados em garimpos de Calçoene e Tartarugalzinho.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, Feijão e Badu operavam um esquema criminoso que tinha influência sobre as nomeações para cargos no Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) - atual Agência Nacional de Mineração (ANM).

Tanto o ex-deputado Feijão quanto Badu Picanço alegam inocência. De acordo com as investigações, ambos ex-parlamentares envolvidos no esquema cobravam propina pra facilitar a liberação de autorizações para extração de minério e afrouxar fiscalizações. Em pelo menos um dos casos, o valor cobrado foi de 100 mil reais. Ainda de acordo com a PF e o MPF, os investigados definiam 'meta de propina' para liberar garimpos no Amapá.

Com desdobramento da Operação ‘Minamata’, ao todo, 10 mandados de prisão e 12 de busca e apreensão foram cumpridos na capital Macapá e nas cidades de Santana e Calçoene. Três servidores da Agência Nacional de Mineração foram afastados, entre eles o superintendente do órgão.


___
No AP, 4 ex-deputados estão presos na penitenciária estadual - Iapen. No AP, 4 ex-deputados estão presos na penitenciária estadual - Iapen. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, fevereiro 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD