Header AD

Camilo sequencia “fábulas” que o derrotou no pleito de 2014.

O ex-governador Camilo Capiberibe (PSB-AP) usou as redes sociais na manhã desta segunda-feira (19),  para sequenciar as “fábulas” que derrotou o projeto de desenvolvimento viabilizado pelo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Amapá, no período de 2011 a 2014.


---‘Na minha gestão o PIB do Amapá cresceu nos 4 anos.’ Escreveu  no Twitter. O ex-governador lembra os sucessivos índices de desenvolvimento do Estado quando esteve à frente do executivo Amapaense. “ Vendas ao varejo e desempenho do setor de serviços também cresceram sem falar na queda da pobreza”.

Camilo lamenta, no entanto, sobre o suposto projeto que o derrotou nas urnas no pleito de 2014 e sequencia as fábulas que contribuíram para isso. “(..) Mas a promessa que saiu vencedora e enganou o povo amapaense foi a fábula #cuidardaspessoas; fazer o #dinheirocircular e #12NaVeia”, escreveu.

De acordo com pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Amapá teve crescimento acumulado de 18,3% entre 2011 e 2013 e foi o segundo estado com o maior registro de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no referido período.

A soma das riquezas produzidas amapaenses perdeu, à época do governo socialista, apenas para Mato Grosso do Sul, com 21,9%.

Após a confirmação da derrota para o candidato adversário, Waldez Góes, do PDT, em 2014, o então governador Camilo Capiberibe falou à imprensa que  'trabalhou muito, mas de forma discreta' e sem contato com a população.

Naquela eleição, Camilo teve 143.311 votos, o que correspondeu a 39,42% do total de votos válidos. Waldez venceu as eleições, com 60,58%, que equivalem a 220.256 votos.

___

Camilo sequencia “fábulas” que o derrotou no pleito de 2014. Camilo sequencia “fábulas” que o derrotou no pleito de 2014. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, fevereiro 19, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD