Header AD

Mulher de Sarney reprova ideia do marido de se candidatar ao Senado.

Coluna do jornalista Murilo Ramos, da revista Época, do grupo Globo, informa que oligarca maranhense José Sarney ainda não desistiu de disputar uma vaga ao Senado Federal pelo Amapá. Esposa do cacique peemedebista, Marly Sarney, acha que ele, aos 87 anos, não deve encarar essa aventura.


---‘O ex-presidente José Sarney ainda sonha em se candidatar ao Senado pelo Amapá. Considera ter boas chances de ser eleito. Sua mulher, Marly, reprova a ideia. Acha que o marido, que está com 87 anos, nem deveria pensar nessa aventura’--- revela Murilo Ramos.

Com alguma frequência, Sarney aparece em colunas jornalísticas como possibilidade de vir candidato ao Senado Federal nas eleições de 2018. Certamente, viabilidade de candidatura tem apoio do governador Waldez Góes (PDT) - histórico aliado do ex-senador amapaense.

Interlocutor próximo a Moisés Rivaldo informou ao DMM que prisão do ex-promotor teria sido política, ou seja, suspeita-se que a mão de Sarney estaria por trás da “prisão ilegal”. “Não podemos esquecer que o Diretor da PF semanas antes havia sido trocado e quero lembrar que a Diretoria da PF em parte é indicação política”, afirma.

Com queda da presidente Dilma Rousseff, foi possível Sarney articular junto a Michel Temer e emplacar suposto aliado ao cargo de Chefe Geral da Polícia Federal, Fernando Segovia.
___
Mulher de Sarney reprova ideia do marido de se candidatar ao Senado. Mulher de Sarney reprova ideia do marido de se candidatar ao Senado. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, janeiro 16, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD