Header AD

Após repercussão negativa, Waldez diz que vetará 14o e 15o salário de deputados.

Governador do AP promete vetar subsídios de Natal e compra de roupas aos deputados; Proposta foi aprovada em dezembro na Assembleia Legislativa e encaminhada para sanção do governador. Documento será analisado pela Procuradoria Geral do Estado.


No G1 AP -- O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT) informou em entrevista coletiva nesta quinta-feira (4) que vetará o projeto de lei que institui o subsídio de Natal, aprovado na Assembleia Legislativa (Alap). A definição do valor a ser pago a todos os parlamentares, sempre no mês de dezembro, segue regras semelhantes ao décimo terceiro salário.

O gestor ressaltou que, apesar do projeto seguir o trâmite legal para análise na Procuradoria-Geral do Estado (PGE), a proposta receberá veto total. A análise deverá ser feita em um prazo de 15 dias, segundo o governo.

“Quero deixar claro que minha posição é de veto ao projeto de lei, e só fui tomar conhecimento disso quando vi na imprensa. O projeto passará pela procuradoria primeiro, mas já sinalizo que será vetado”, reforçou Góes.

[...]
Após repercussão negativa, Waldez diz que vetará 14o e 15o salário de deputados. Após repercussão negativa, Waldez diz que vetará 14o e 15o salário de deputados. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, janeiro 05, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário


SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.

O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não há necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD