Header AD

Vídeo: “Nenhum crime pode ficar impune”, disse Aécio, o culpado, quando condenou Dilma, a inocente.

Quando votou pelo golpe que derrubou Dilma Rousseff, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que depois foi flagrado em grampo da JBS pedindo R$ 2 milhões em propina e chegou a ser afastado do mandato pelo Supremo, disse com toda a sua hipocrisia: "Ninguém pode cometer crime impunemente" relembre o vídeo.



___
Vídeo: “Nenhum crime pode ficar impune”, disse Aécio, o culpado, quando condenou Dilma, a inocente. Vídeo: “Nenhum crime pode ficar impune”, disse Aécio, o culpado, quando condenou Dilma, a inocente. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, outubro 18, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD