Header AD

G1: Mortes com indícios de execução são registradas em menos de 4 horas no AP.

Levantamento do portal G1-AP, pelo menos sete crimes ocorreram entre 23h de quinta-feira (19) e 3h de sexta-feira (20).

Foto reprodução whatsapp  
No G1-AP.

Sete mortes violentas com indícios de execução foram registradas em Macapá, entre às 23h de quinta-feira (19) e 3h de sexta-feira (20). Segundo informações da Polícia Militar (PM) do Amapá, os crimes ocorreram nas zonas Sul, Oeste e Norte da capital. Até a última atualização dessa reportagem, às 12h20 (horário de Brasília), ninguém havia sido preso.

Em todos os casos, as vítimas foram baleadas por pessoas que passavam de carro. A Secretaria de Estado de Segurança (Sejusp) informou que vai se pronunciar sobre o assunto ainda nesta sexta-feira (20).

Os dois primeiros casos ocorreram nos bairros Universidade e Novo Buritizal, na Zona Sul. Por volta das 23h o jovem Lucas da Cruz Correa, de 23 anos, foi morto a tiros por homens que estavam em um carro preto. A vítima morreu na hora.

Aproximadamente às 23h30, no bairro Novo Buritizal, três pessoas foram baleadas por um grupo de homens que estava em um carro. Os jovens Stanley Lobato Mira, de 24 anos, e Jhonata Moraes Melo, de idade não informada, morreram no local. A terceira vítima, um homem de 35 anos, foi encaminhado ao Hospital de Emergências (HE) e está internado em estado grave, segundo a instituição.

No bairro Jardim Marco Zero, também na Zona Sul, um jovem de 25 anos, identificado como Alessandro Freitas Leão, foi alvo de disparos de arma de fogo feitos por homens que estavam em um carro. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu na hora.

O quarto registro foi por volta de 0h30, no bairro Pacoval, na Zona Norte, quando um carro vermelho se aproximou do jovem Ruan Lima de Souza, de 23 anos, e os ocupantes atiraram contra ele. A vítima foi socorrida por populares e levada ao HE, mas não resistiu aos ferimentos.

Por volta de 1h, outro homicídio foi registrado na capital, no bairro Marabaixo, na Zona Oeste. Jhon Lenon, de 34 anos, foi baleado por ocupantes de um carro branco. Ele caminhava em via pública, quando foi abordado pelo grupo de homens e atingido. A vítima foi levada ao Hospital de Emergências, mas morreu em seguida.

Próximo de 3h foi registrado o sexto homicídio. Ednaldo Macedo de Lima, de idade não informada, foi baleado por pessoas que estavam em um carro vermelho. A vítima morreu na hora e os autores dos disparos fugiram em seguida. Não há informações sobre suspeitos.

___
G1: Mortes com indícios de execução são registradas em menos de 4 horas no AP. G1: Mortes com indícios de execução são registradas em menos de 4 horas no AP. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, outubro 20, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD