Header AD

Enquanto Randolfe defende direitos dos concursados, DEM, de Davi, aprova extinção da estabilidade do servidor público.

Randolfe Rodrigues (Rede) defende manutenção dos direitos dos servidores públicos contra os ataques da base aliada do governo ilegítimo de Michel Temer, entre eles, o DEM e o PSDB, enquanto Davi Alcolumbre, do DEM, não se manifesta e se cala diante de mais um golpe em servidores públicos federais, estaduais e municipais. Além de vice-líder do governo golpista, Davi é também suplente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal que aprovou fim da estabilidade do funcionalismo no setor público.

Foto: A Gazeta
Na manhã desta quarta-feira(04) foi votado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado o Projeto de Lei Complementar N.º 116/2017, que dispõe sobre a demissão de servidor público estável, por insuficiência de desempenho funcional.

Inusitado é que enquanto Senador Randolfe Rodrigues fez um voto em separado pela rejeição do PLS, que tira estabilidade no serviço público, o senador vice-líder do governo Temer e suplente da CCJ, Davi Alcolumbre se cala e nada diz em relação a mais um ataque aos direitos dos trabalhadores.

Randolfe condenou projeto do DEM, que protocolou o PLS 116/201, aprovado ontem na CCJ, de iniciativa da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), colega de partido de Davi Alcolumbre,

---'Da forma como está, sem critérios objetivos de avaliação, qualquer servidor que tenha uma opinião diferente dos gestores públicos pode ser perseguido e até demitido, já que as avaliações serão feitas por detentores de cargos comissionados, que via de regra estão a serviço dos governantes'---, explicou Randolfe.

Em que pese a resistência quase solitária do Senador Randolfe, que contou com o apoio de apenas outros dois senadores, o PLS 116 foi aprovado e será encaminhado para discussão em outras comissões.

Embora aliados e afinados no Amapá, na arena nacional, DAVI e RANDOLFE são que nem água e óleo (não se misturam) em questão de temas relevantes para o Brasil e divergem sobre quase tudo. Foi assim na questão da entrega do Pré –Sal a estrangeiros, na aprovação da lei das terceirizações, na aprovação do congelamento dos gostos em saúde e educação por 20 anos, na revogação das leis trabalhistas, sobretudo na questão das discussões sobre da reforma da previdência social, que propõe trabalho de até 49 anos para brasileiro se aposentar.

Diferenças profundas em perfis e atuação parlamentar entre RANDOLFE e DAVI corrobora para dito popular que diz: “é mais fácil o camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um empresário-político defender os interesses da população”, pois como se sabe, Davi é de família abastada do Amapá.
__

Enquanto Randolfe defende direitos dos concursados, DEM, de Davi, aprova extinção da estabilidade do servidor público. Enquanto Randolfe defende direitos dos concursados, DEM, de Davi, aprova extinção da estabilidade do servidor público. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, outubro 05, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD