Header AD

Caetano: é a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático.

O compositor Caetano Veloso disse ter se sentido triste com a proibição de seu show na ocupação do MTST em São Bernardo do Campo, onde estão assentadas cerca de oito mil famílias. "Dá a impressão que não é um ambiente propriamente democrático", disse o cantor.  


A proibição foi determinada pela juíza Ida Inês Del Cid, da 2ª Vara da Fazenda Pública de São Bernardo do Campo, que alegou motivo de segurança e que o local não tinha estrutura para um artista com o "brilhantismo" de Caetano; para Guilherme Boulos, líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, a Justiça deveria se preocupar em “pegar a quadrilha que está no poder no Brasil", em vez de proibir um apresentação musical; ato em defesa da ocupação teve a presença de vários artistas nesta noite.

Proibição lembra o período da ditadura quando à época das arbitrariedades vários shows de artistas populares foram barrados pelo judiciário no país. A canção "Alegria, alegria" remete àquele triste momento da política nacional, quando até artistas passaram para a clandestinidade frente à perseguição.

Vídeo.


O MTST é movimento que organiza trabalhadores urbanos a partir do local em que vivem: os bairros periféricos. Não é nem nunca foi uma escolha dos trabalhadores morarem nas periferias; ao contrário, o modelo de cidade capitalista é que joga os mais pobres em regiões cada vez mais distantes.

___
Caetano: é a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático. Caetano: é a primeira vez que sou impedido de cantar no período democrático. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 30, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD