Header AD

Lia critica apoio de Moisés a Bolsonaro: se pendura no coldre de um fascista.

A professora militante e lutadora social, Lia Mara Tavares Borralho, classificou como “golpismo fascista” a revelação do apoio do secretário de educação municipal, promotor Moisés, ao presidenciável Jair Bolsonaro, em publicação nas redes sociais desta quinta-feira (28).


Atualizado em 28/09/2017, às 20h23' — Lia escreveu cordel que ironiza o recém-criado partido Rede e Sustentabilidade, que abriga na prefeitura o mais novo aliado do deputado no Amapá.

Para ela, após o alcaide se apresentar com discursos de "carvalhos"”, um trocadilho com palavrão popular associado ao falo, vem o secretário, promotor Moisés, se pendurar no pescoço de um fascista.

---‘O prefeito que é da Rede/Que há alguns anos foi fundada/Com o fito humanitário/De repente se apresenta/Com discursos de "carvalhos"/Aí vem um tal secretário/A se pendurar no coldre/De um fascista Bolsonaro/ Aí vem um tal secretário/A se pendurar no coldre/De um fascista Bolsonaro’--- escreveu no Facebook sobre o secretário de educação do prefeito Clécio Luís, da Rede e Sustentabilidade.
Foto reprodução - Facebook.

O promotor Moisés e o prefeito Clécio foram também duramente criticados por diversos internautas nas redes sócias depois de publicação de fotos ao lado de supostos militantes, que apoiam o deputado carioca à sucessão presidencial de 2018.

---“Secretário de Educação de Macapá, deixando claro que apoia um conservador retrógrado cheiro de preconceitos. Alô prefeito Clécio, por muito menos, muita gente boa e que lhe apoiava, foi exonerada. Uma vergonha!”---, desabafa um usuário do Facebook.

Leia trechos do cordel.
Por Lia Borralho, no Facebook.

O prefeito que é da Rede
Que há alguns anos foi fundada
Com o fito humanitário
De repente se apresenta
Com discursos de "carvalhos"
Aí vem um tal secretário
A se pendurar no coldre
De um fascista Bolsonaro
Quem em tal rede se pendura
É filho da ditadura
E com ela pactua
Golpe das Forças Armadas
Essa rede é uma furada
Não tem barca que aguente
Navegar contra a corrente
Quem nessa barca ainda está
Pula fora e vem pra cá
Vem pra luta do povão
Contra o arrocho e opressão
Contra o golpismo fascista
De uma elite feia e rica
Que destrói nossas riquezas
Devastando a natureza
Não têm pena do operário
Esses "nobres" salafrários

[...]
PS. A Rede e Sustentabilidade vem sofrendo sucessivas baixas, pois militantes históricos acreditam que a legenda, como diria o Russo legionário, não passa do “mais do mesmo”. O partido apoiou o golpe parlamentar contra a democracia no país, que colocou uma quadrilha bem articulada e entreguista no poder. O vacilo da Rede em temas chaves para o Brasil fez vários intelectuais abandonarem a legenda.

____
Lia critica apoio de Moisés a Bolsonaro: se pendura no coldre de um fascista. Lia critica apoio de Moisés a Bolsonaro: se pendura no coldre de um fascista. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, setembro 28, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário




SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD