Header AD

Randolfe admite possibilidade de concorrer ao governo do Amapá.

O senador Randolfe Rodrigues, aqui designado de RR, admitiu pela primeira vez que pode concorrer ao governo do Amapá no pleito de 2018. A revelação do senador foi feita na manhã deste sábado, 1 de julho, no programa Togas & Becas, da Diário FM.


Para o senador João Capiberibe e Camilo Capiberibe, Randolfe Rodrigues é o nome que pode unir as esquerdas no Amapá com amplas chances de derrotar o governador Waldez Góes (PDT), que deverá tentará a reeleição em 2018, caso não seja condenado (antes) pelo Superior Tribunal de Justiça.

RR se disse satisfeito com a boa referência ao seu nome, manifestada por João e Camilo Capiberibe, e reconheceu que não está descartada a sua candidatura ao Palácio do Setentrião, embora tenha admitido que a sua preferência pessoal é continuar como senador da república.

---‘Ao longo da minha vida tenho aprendido que o agente político não tem que deixar a sua preferência, a sua prioridade pessoal prevalecer no contexto político’--- frisou o parlamentar.

Randolfe mostrou que a única força política, no momento, no estado do Amapá, para acabar com a bipolaridade do poder entre Waldez Góes e João Capiberibe, é o grupo a que ele pertence, tendo como líderes ele próprio, o senador Davi Alcolumbre (DEM) e o prefeito de Macapá Clécio Luís (Rede).

RR fez referência ao fato de Clécio ter sido eleito e reeleito prefeito da capital. Para ele, isso é uma demonstração de que o seu grupo político poderá vir a governar o estado, iniciando uma nova forma de administrar o Amapá.

O senador Davi Alcolumbre seria um ‘estranho no ninho’ no grupo do senador Randolfe Rodrigues. Para os capiberibes, o parlamentar do DEM não seria empecilho numa composição, mas forças políticas como a do Psol, liderado pelo deputado Paulo Lemos, rejeita uma composição com o democrata, bem como o novo presidente estadual do PT, ex prefeito de Santana, Antônio Nogueira.
Na entrevista, Randolfe reconheceu que em termos de política nacional está muito mais próximo de João Capiberibe do que de Davi, mas que em nível local a proximidade maior é com Davi Alcolumbre. “Até agora tenho conseguido equilibrar essas duas agendas, mas não sei até quando vou conseguir”, reconheceu o senador.

Mudança de plano

Números de pesquisas internas encomendadas por partidos locais podem ser o teor que fundamentalmente esteja provocando reavaliação no traçado da trajetória de Randolfe. Se candidatura de Davi não decolar (mais em decorrência do partido DEM estar morrendo abraçado com o PMDB de Michel Temer, do que pela incoerência da a musculatura política que reelegeu Clécio à prefeitura de Macapá) RR pode vir a ser o nome do grupo político no pleito de 2018. Mas pode ser também apenas o início de um tipo de balão muito ensaiado no Estado, muito mais por causa de pesquisas mostrarem a boa performance do nome de João Capiberibe entre os sobrenomes Góes e Alcolumbre.

Com informações do Diário do Amapá.
____
Randolfe admite possibilidade de concorrer ao governo do Amapá. Randolfe admite possibilidade de concorrer ao governo do Amapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, julho 01, 2017 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD