Header AD

Governador recebe prefeito, mas nega reunião com senador.

O governador do Amapá Waldez Góes (PDT) recebeu o prefeito de Macapá, Clécio Luis (REDE), em reunião na última sexta-feira (7), no palácio do Setentrião. Na pauta de discussões foi aventado futura parceria entre governo e prefeitura; já agentes próximos ao senador Randolfe Rodrigues (REDE) dizem que Waldez tem negado reunião para tratar da diminuição das passagens aéreas no estado.


---‘Estamos retomando as conversas, na esperança de que convênios se concretizem em benefício do povo de Macapá (...) estamos nivelando como essa parceria acontecerá e como será executada, dividindo as responsabilidades entre as instituições”, relatou Clécio.

---‘A parceria está pautada, por exemplo, quanto à cessão de servidores, de contrapartidas de convênios federais e também quanto à infraestrutura da cidade, no que diz respeito a canais, projetos de mobilidade urbana que o governo está executando, dentre outras temáticas’--- esclareceu o governador, Waldez Góes.

As relações políticas entre Waldez Góes e Clécio Luís andavam estremecidas por causa da disputa sobre terreno no Perpetuo Socorro, área devastada por incêndio há três anos. Tanto prefeitura quanto o governo pleiteia construir obra de habitação no local.

Eleições 2018.

Waldez Góes teria levado para seu grupo político os candidatos que disputaram a prefeitura de Santana no ano passado. Dentre eles, Ofirney Sadala (PHS), Marcivânia Flexa (PC do B), Isabel Nogueira (PT) e até a professora Zilma (DEM), que estava no grupo liderado pelo senador Davi Alcolumbre. Segundo o jornalista Seles Nafes, a exceção é o ex-prefeito Robson Rocha (PR), derrotado no pleito passado.

Conflitos de interesses.

O senador Randolfe Rodrigues (REDE) teria se queixado a interlocutores sobre tratamento que tem recebido do Palácio do Setentrião, principalmente na questão do Projeto que pode baratear passagens aéreas de Macapá para outros estados. O Projeto de Resolução 55/2015, de autoria do senador, fixa alíquota máxima do ICMS de querosene de aviação em 12%, atualmente pode chegar a 25%.

Para viabilizar o Projeto é imprescindível a colaboração do governador, porém Waldez tem negado reunião com o senador Randolfe para tratar da questão. A explicação para a negação seria os dividendos eleitorais, que, com a concretização do Projeto, beneficiaria o senador nas eleições de 2018.
___
Governador recebe prefeito, mas nega reunião com senador. Governador recebe prefeito, mas nega reunião com senador. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, abril 10, 2017 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD