Header AD

Golpe enterra CLT: deputados do AP que foram a favor.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 296 votos a 177, o projeto do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) que trata da lei da reforma trabalhista (PL 6787/16, do governo do presidente Michel Temer), que na prática resga a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e torna a Justiça do Trabalho insuficiente como instituição de direito tutelar, com isso, o direito do trabalho perde o sentido de existência. Apenas duas deputadas do Amapá ficaram do lado dos trabalhadores.


Dos parlamentares do Amapá somente Janete Capiberibe (PSB) e Marcivãnia Flexa (PC do B) foram contra mudanças nas leis trabalhistas e votaram "NÃO". Cabuçu Borges (PMDB), Jozi Araújo(PTN), André Abdon (PP) e Marcos Reategui (PSC) e Vinícius Gurgel (PR), foram a favor votando "SIM". O deputado Roberto Góes (PDT) se absteve.

Segundo o Juiz do Trabalho André Machado "todas as propostas foram elaboradas claramente com o intuito de defender os interesses do capital".

Para Machado, "não se trata apenas de uma "molecagem" com o direito do trabalho, como pontuou de forma espirituosa um valoroso colega magistrado, nosso amigo aqui no Facebook".

---'Trata-se da aplicação do aspecto mais perverso do neoliberalismo que é a redução do trabalhador a um ser isolado, numa luta infindável pela sobrevivência, de todos contra todos. Se a classe que vive do trabalho tivesse a noção do que está para acontecer essa greve geral do dia 28 seria por tempo indeterminado'---, alertou Andre Machado, juiz da 6a. Região e membro da Amatra 6a. Região.



____
Golpe enterra CLT: deputados do AP que foram a favor. Golpe enterra CLT: deputados do AP que foram a favor. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, abril 27, 2017 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD