Header AD

Pesquisa interna seria motivo de ataques a ex-governador.

Dados de pesquisa encomendada por alguns partidos que apoiam o governo do Amapá teriam revelado quadro desagradável a esses partidos, em relação à intenção de votos para o executivo nas eleições de 2018. As informações são do produtor cultural, Aroldo Pedrosa.


De acordo com Pedrosa, uma pesquisa interna de opinião pública sobre as eleições 2018 para o governo do Amapá foi feita por uma aliança de partidos e o resultado não agradou muito aos interessados.

O produtor alertou sobre as pautas dos meios de comunicação de apoio ao governo do Amapá a partir desta segunda-feira, 30, de ataques a um político local. “Basta ouvir os programas de rádio esta semana, a partir desta segunda-feira, e perceber o político em foco”, diz.

---‘Nem sintonizei o rádio ainda, mas não tenho a menor dúvida que alguma manchete já deve ter mencionado o nome do político que, segundo fonte fidedigna, aparece na frente disparado nessa pesquisa’--- escreveu no Facebook no início desta manhã.

Pedrosa não revela o nome, porém, pela proximidade, desconfia-se se seria o nome posto para disputar o governo em 2018, do senador João Capiberibe, do PSB.

As afirmações do produtor cultural foram confirmadas na manhã desta segunda-feira, 30, pelo radialista Carlos Lobato, considerado termômetro político das preocupações do governo estadual. Lobato voltou à carga com críticas contra mandatos do senador pessebista e do ex-governador, Camilo Capiberibe, esquentando casos antigos relacionados a gestões anteriores.
___
Pesquisa interna seria motivo de ataques a ex-governador. Pesquisa interna seria motivo de ataques a ex-governador. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, janeiro 30, 2017 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD