Header AD

PEC 241-55: professores e estudantes “caçam” senador no Amapá.

Professores e estudantes da Universidade Federal do Amapá tentam influenciar voto do senador Davi Alcolumbre (DEM) na votação da Proposta à Emenda Constitucional 55/2016, antiga PEC 241 aprovada na Câmara dos deputados, que congela salários e investimentos em educação, saúde e assistência social por 20 anos.


Docentes e acadêmicos estiveram na entrega da revitalização da praça Floriano Peixoto pelo prefeito Clécio Luís (Rede) na última sexta-feira (9). Os manifestantes esperavam Davi Alcolumbre ao evento, mas o senador teria cancelado de última hora a participação na reinauguração da praça.

No perfil do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade Federal do Amapá (Sintufap) no Facebook, eles postaram fotos sobre a organização contra o senador, acompanhadas de protestos por causa do voto de Davi com a PEC 55. “Estudantes e professores da Unifap na caça ao Davi Alcolumbre”, dizia um dos banners.

Dos três senadores do Amapá João Capiberibe (PSB) e Randolfe Rodrigues (Rede) votaram contra a PEC 55, apenas Davi votou a favor, apesar da intensa mobilização de internautas em sua página pessoa do Facebook, que tentaram até última hora, sensibiliza-lo [ver aqui].

O senador Davi faz parte da base de apoio ao presidente Michel Temer (PMDB). Eles aprovaram a PEC 55 com folga em 1º turno no Senado Federal, no final de novembro último, por 61 votos a favor e 14 contra.

A PEC 55 volta ao plenário hoje para última rodada de votação em segundo turno, antes de ir a sanção de Michel Temer.
___

PEC 241-55: professores e estudantes “caçam” senador no Amapá. PEC 241-55: professores e estudantes “caçam” senador no Amapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, dezembro 13, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


Post AD