Header AD

Defesa de Moisés diz que decisão de Sueli Pini é “teratológica”.

A defesa do deputado Moisés Souza (PSC), o advogado Maurício Pereira, rebateu decisão da presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, desembargadora Sueli Pini. Para ele, decisão da desembargadora é "teratológica", ou seja, sem lógica.

Captura de Tela - Facebook, às 00h25'.
---‘Entendemos que estamos diante de uma decisão teratológica da presidente do Tribunal de Justiça do Amapá, que desrespeitou a decisão do pleno do Tribunal no acórdão condenatório, pois o pleno, ao condenar os réus concedeu a estes o direito de apelar em liberdade’, rebate o advogado de defesa, Maurício Pereira. Ele afirma também que a desembargadora não tem o poder para reformar uma decisão do pleno do Tribunal.

A etimologia “teratológica” é bastante utilizada no aspecto jurídico e diz respeito a uma decisão absurda, ou decisão que contraria a lógica ou o bom senso.

Sueli Pini deferiu pedido do Ministério Público e expediu mandato de prisão contra o deputado Moisés Souza, o ex-deputado Edinho Duarte, o servidor da Alap, Edmundo Tork, e Marcel Bitencourt e Manuela Bitencourt, na noite desta segunda-feira (28). Todos são acusados de peculato, desvio e dispensa ilegal de licitação e delito de falsidade ideológica. As penas variam de 7 a 9 anos de prisão em regime inicialmente fechado.

Veja vídeo.
___
Defesa de Moisés diz que decisão de Sueli Pini é “teratológica”. Defesa de Moisés diz que decisão de Sueli Pini é “teratológica”. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, novembro 30, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD