Header AD

Camilo a Waldez: “O discurso utilizado em 2014 de ‘cuidar das pessoas e das cidades’ foi um retumbante estelionato eleitoral”.

O ex-governador Camilo Capiberibe afirma em uma rede social que o discurso do candidato Waldez Góes (PDT) na campanha de 2014 foi “um retumbante estelionato eleitoral”. À época do pleito, Waldez utilizou à beça o jargão de que iria ‘cuidar das pessoas e das cidades’.


 — ‘O Amapá está assim: salário parcelado, nenhum reajuste aos servidores (fora o salário de governador vice e primeiro escalão), turno da fome’ — critica Camilo em relação a aumentos salariais do primeiro escalão do governo e da falta de merenda nas escolas estaduais. O ex-governador utilizou a rede social Twitter para criticar o atual governador.

No dia da votação do segundo turno, em 26 de novembro de 2014, Waldez disse na ocasião acreditar que a população tinha compreendido seu discurso. Ele falou também que pretendia pacificar o Estado.

 — ‘Nós defendemos o tempo todo propostas para cuidar das pessoas e das cidades. Fizemos uma campanha no segundo turno sem nenhum comício porque não vou governar dos palanques, eu fiz questão de visitar as pessoas, do trabalhador ao empreendedor. O meu propósito é pacificar o Estado, rechaçar a mentira e a perseguição’ — resumiu o candidato Waldez Góes na época.

O discurso de Waldez de “cuidar das pessoas” teve efeito positivo para maioria da população amapaense, pois o pedetista venceu em 15 dos 16 municípios do Estado. Ele obteve 60,6% dos votos válidos contra 39,4% de Capiberibe.
___
Camilo a Waldez: “O discurso utilizado em 2014 de ‘cuidar das pessoas e das cidades’ foi um retumbante estelionato eleitoral”. Camilo a Waldez: “O discurso utilizado em 2014 de ‘cuidar das pessoas e das cidades’ foi um retumbante estelionato eleitoral”. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, novembro 01, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD