Header AD

Rup Silva: O PSB ‘foi isolado e não se isolou, como dizem’.

O analista político Rup Silva escreve sobre inusitada situação em que se encontra um dos partidos tradicionais da política tucuju  — o PSB.


Para ele, há uma disposição das forças políticas tanto de “esquerdas” quanto de “direita” para excluir os pessebistas da cena política amapaense.

 —‘ Há cristalizado a concepção do ambiente de promiscuidade política e gerencial que norteia a vida política do Amapá. Que só se rendendo a ela os grupos políticos conseguem se estabelecer na política do Estado. Que roubar, traficar influência em causa própria e de amigos é inerente o exercício do poder’, assevera.

Rup Silva percebe que “tem gente que se rendeu a essa estupidez e fecha com ela. E o PSB teima em remar contra ela e por conta dessa postura tem que ser limado. É uma referência incômoda e indesejada. Espécie de expurgo da ética e da moral do exercício da função pública”.

Leia íntegra.

INTRIGAR, A MISSÃO

Título que poderia ser também "PREPARANDO TERRENO".
Vou insistir na tese que essa eleição tem a ver e está intimamente ligada a de 2018.
Que aliás não é nenhuma descoberta nem tão pouco uma novidade.
Há um esforço concentrado de todos os segmentos políticos pra eliminar,sim, varrer do cenário político do Amapá o PSB e suas maiores lideranças.
À direita e à esquerda, principalmente.
A REDE no comando.
Há a percepção exata que eles continuam fazendo a diferença que incomoda por ser e se comportar diferente de todos no exercício da política e do poder.
Há cristalizado a concepção do ambiente de promiscuidade política e gerencial que norteia a vida política do Amapá .
Que só se rendendo a ela os grupos políticos conseguem se estabelecer na política do Estado.
Que roubar,traficar influência em causa própria e de amigos é inerente o exercício do poder.
Tem gente que se rendeu a essa estupidez e fecha com ela.
E o PSB teima em remar contra ela e por conta dessa postura tem que ser limado.
É uma referência incômoda e indesejada.
Espécie de expurgo da ética e da moral do exercício da função pública.
Não foram poucas as manobras nesse sentido - insistentes e recorrentes(e poderiamos citar inúmeras delas), tentando provar corrupção e improbidade dos governos do PSB, sem êxito,frustradas pela inexistência de provas.
Como há nas esquerdas a certeza que o PSB não transige, a solução e tirá-lo de circulação.
E pra consecução dessa tarefa imoral, se juntaram ex-aliados, colaboradores frustrados e contrariados nos seus interesses pessoais
Por esta razão o partido foi isolado e não se isolou,como dizem,culpado por algo que não deu a menor contribuição.
E existem cabeças coroadas,inteligentes que sabem disso mas por conveniência, pra manter seu espaço e estatus no sistema ,negam isso.
A manobra agora colocada em voga é tentar vender DAVI do DEM governador em 2018.
Que Davi, mais coerente e fiel a sua ideologia, se nega mudar de sigla a ele proposto,segundo vazou, e por ele refutada.
Promessa a cumprir talvez depois de eleito.
Tudo pra proteger dois sonhos ou três, sei lá.
A reeleição de RANDOLFE ao SENADO que precisa dos votos da Direita.
De impedir Capi voltar ao Senado, que só depende das esquerdas.
E tirar do PSB qualquer chance de se articular ao governo, pra impedir voltar ao mesmo drama : o excesso de pureza no poder do que querem se livrar.
O exercício em paz do poder, dizem, exige flexibilidade e boa convivência com os PODERES, ainda que esses nem sempre se compadeçam da miséria do povo,sempre no foco dos socialistas.. de verdade, lógico.
Que fazem agora?
Ajudado pela mídia venal que impesta o ambiente jornalístico do Amapá, seja de forma sistêmica ou por conta própria, tentam a todo custo colocar o PSB como força motriz da candidatura de GILVAN, algo inverossímil por todos os motivos que se possa imaginar.
Na marra vivem não mais apenas insinuando, mas afirmando, sem direito a desmentido formal nesses veículos, que o PSB está nitidamente apoiando Gilvan.
Sem uma chula manifestação qualquer,oficial ou dissimulada de suas lideranças maiores, isentas de dar qualquer explicação, depois da nota emitida pelo partido.
Nada disso interessa.
A NOTA OFICIAL do PSB é uma farsa, uma "deslavada mentira ", é só pra disfarçar, afirma em coro a mídia bandida insulflada pela grana
farta que anda correndo nos bastidores da disputa,segundo se tem notícia.
Nem os argumentos de NEUZINHA VELASCO, que atinge em cheio o desprezo do Prefeito Clécio a sua militância política, a seu empenho em 2012 na sua eleição, nem a tentativa de composição da sua base na Câmara Municipal, negada, com grandes prejuízos ao seu trabalho, conseguem colocar luz na sua procedente decisão.
Imagine levar em conta a isenção que fez do PSB na sua decisão e o reconhecimento de ter usado a faculdade da liberdade de manifestação e voto , expressas na NOTA OFICIAL do partido, conferida a seus filiados e militantes?
Nada disso importa ou vale.A ordem é associar o PSB ao PMDB ,ao Gilvan e WALDEZ, seus opostos,pra quebrar a última imagem e atributo que o faz diferente deles, omiziados com a fina flor da Direita , o DEM.
A coerência e a rigidez IDEOLÓGICA é a última fronteira a romper pra deixar todos juntos e misturados.
Alguém em " delírium extremis"jurou ter visto Capi marchar ombreado com Gilvan em caminhadas pela periferia da cidade.
E vai por aí. O jogo do vale tudo , como mentir e comprar voto, pra se manter no poder.
E só compra voto quem tem poder e grana pra comprar.Outra evidência candente nessas alturas da disputa .
Nesse ambiente e cenário , óbvio, o PSB está fadado a morrer.
Num cenário desses fica difícil segurar a ratazana que abandona o barco sem nenhuma cerimônia.
Advirto aos Salieres que tudo que aqui disserto é fruto do que penso e com coragem exponho.
Não há nenhum resquício de arrogância intelectual.
E só prestar atenção,juntar e alinhavar os fatos.
E que só aí eles ficam mais evidentes.
E só sabemos quando alguém se libera a pensar e falar.
Como disse o filósofo MILLÔR, livre pensar é só pensar .
___
Rup Silva: O PSB ‘foi isolado e não se isolou, como dizem’. Rup Silva: O PSB ‘foi isolado e não se isolou, como dizem’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on domingo, outubro 23, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD