Header AD

PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (14/10) a Operação Migalhas, em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), com objetivo de investigar desvio de recursos que seriam utilizados para a compra de merenda escolar.



A Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), deflagrou na manhã desta sexta-feira (14/10) a Operação Migalhas, com objetivo de investigar desvio de recursos que seriam utilizados para a compra de merenda escolar.

Cerca de 31 policiais federais e 4 servidores da CGU cumprem 8 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de condução coercitiva em Macapá.

As investigações, iniciadas em julho de 2016, revelaram que, no ano de 2014, quase R$ 200 mil teriam sido desviados para contas bancárias de familiares da então diretora da Escola Estadual Prof. Nilton Balieiro Machado. Na prestação de contas, a diretora e o tesoureiro da escola apresentavam notas fiscais frias e cheques adulterados para justificar o pagamento de gêneros alimentícios. Os recursos eram oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro.
Com informações da jornalista Alcinéa Cavalcante.
___
PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá. PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, outubro 14, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD