Header AD

PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá.

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (14/10) a Operação Migalhas, em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), com objetivo de investigar desvio de recursos que seriam utilizados para a compra de merenda escolar.



A Polícia Federal, em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), deflagrou na manhã desta sexta-feira (14/10) a Operação Migalhas, com objetivo de investigar desvio de recursos que seriam utilizados para a compra de merenda escolar.

Cerca de 31 policiais federais e 4 servidores da CGU cumprem 8 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de condução coercitiva em Macapá.

As investigações, iniciadas em julho de 2016, revelaram que, no ano de 2014, quase R$ 200 mil teriam sido desviados para contas bancárias de familiares da então diretora da Escola Estadual Prof. Nilton Balieiro Machado. Na prestação de contas, a diretora e o tesoureiro da escola apresentavam notas fiscais frias e cheques adulterados para justificar o pagamento de gêneros alimentícios. Os recursos eram oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Os investigados responderão pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica, peculato e lavagem de dinheiro.
Com informações da jornalista Alcinéa Cavalcante.
___
PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá. PF investiga desvio de recursos da merenda escolar em Macapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, outubro 14, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD