Header AD

Grupo de Clécio busca apoio dos que não passaram ao 2º turno.

Com quase 45% dos votos válidos, o grupo de apoio ao candidato à reeleição Clécio Luís, da Rede e Sustentabilidade, busca apoios dos candidatos vencidos no primeiro turno da eleição em Macapá.


O senador Randolfe Rodrigues (Rede) analisa sobre suposta incoerência de quem votou com a oposição e, portanto, contra a candidatura aliada do governador Waldez Góes (PDT) no primeiro turno e passar a votar contra Clécio Luís, no segundo.

 — ‘Não vejo alguém que saiu de casa para votar em Rui [Smith] ou no Genival [Cruz] ou ainda no promotor Moisés e na Dora votar no nosso adversário no segundo turno’ — disse o senador ao jornalista, Luiz Melo, da Diário FM, na manhã desta segunda–feira (3).

O senador do Rede acredita que pela história do PSB, há uma incompatibilidade deste partido apoiar Gilvam Borges, do PMDB, no segundo turno. Para ele, é como se o PSB em disputa com o PMDB (ou PSDB), o PSOL (ou a Rede) viesse a apoiar esses dois últimos partidos, contra o PSB, pois pela coerência ideológica esta suposição seria impossível.

Pelas contas do senador Davi Alcolumbre, do DEM, a soma dos votos contrários à candidatura de Gilvam somam cerca de 75% do eleitorado amapaense. Ele afirma que falta poucos votos para a reeleição de Clécio.

Para o senador do DEM, a eleição do segundo turno será “estadualizada” devido à comparação das duas formas de governar do PDT, no governo do estado e do Rede, na prefeitura de Macapá.
___
Grupo de Clécio busca apoio dos que não passaram ao 2º turno. Grupo de Clécio busca apoio dos que não passaram ao 2º turno. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 03, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD