Header AD

Gian Danton sobre PEC-241/2016: ‘Só restou a ele [Temer] mexer com o povo’.

O professor universitário, Gian Danton, pode ter finalizado a ‘charada’ sobre compreensão da alteração da Constituição com objetivos de congelar salários e investimentos sociais por 20 anos pelo governo golpista de Michel Temer, do PMDB.


Para Danton, só houve uma saída para o governo golpista da atual crise que o PMDB meteu o país: ‘mexer com o povo’, os 'únicos' que não podem tirá-lo da presidência da República.

 — ‘Temer precisa cortar gastos. Mas não mexe com os militares porque senão sofre um golpe militar. Não mexe com o Congresso porque senão sofre um impeachment. Não mexe com o judiciário porque senão cassam ele. Não mexe com a mídia com medo de uma campanha para desestabilizá-lo. Então só restou a ele mexer com os únicos que não podem tirá-lo da presidência: o povo’.

A votação do Projeto de Ementa Constitucional 241/2016, ou “PEC da Morte”, foi realizada na noite desta segunda-feira (10) e aprovada por 366 deputados, o mesmo número de parlamentares que votaram pelo impeachment de Dilma, menos o voto de Eduardo Cunha.

Apenas as deputadas do Amapá, Marcivânia Flrexa (PC do B) e Janete Capiberibe (PSB) votaram contra PEC da maldade, os outros seis deputados votaram SIM, pelo congelamento dos salários e investimentos por duas décadas.


___
Gian Danton sobre PEC-241/2016: ‘Só restou a ele [Temer] mexer com o povo’. Gian Danton sobre PEC-241/2016: ‘Só restou a ele [Temer] mexer com o povo’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, outubro 12, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD