Header AD

Deputado cogita auxílio-periculosidade para professores.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa, deputado Pedro da Lua, do PSC, sugere auxílio financeiro para professores que ministram  aulas em escolas da rede pública com casos de violência. Caso inusitado reflete fundo do poço a que chegou a educação no Amapá e a esperteza política diante do fracasso da educação no estado.


Para Da Lua, tanto a comunidade escolar quanto os órgãos de segurança pública devem se unir no propósito de “zerar” violência contra escolas estaduais e professores.

Ele defende que é preciso apelar para medidas extremas como propor um auxílio-periculosidade para professores que atuem em escolas, onde há recorrente casos de agressão e violência.

O deputado diz que já existe um parâmetro nesse sentido, sendo discutido na Câmara dos Deputados e que garante o pagamento de auxílio-periculosidade para professores que atuam em prisões.

— 'Guardadas as devidas proporções, mas em certas circunstâncias é até mais seguro o professor atuar numa penitenciária do que determinados bairros. Assim, mesmo sabendo que enfrentarei resistência, quero defender esse benefício aos profissionais de educação' — disse Da Lua.

Com saúde financeira do Estado na UTI, com salários´dos professores parcelados, defasados, sem reajuste nos proventos, sem o 13o salário e infraestrutura para exercer ofício, a iniciativa do deputado, ao que (trans)parece, poderia se encaixar na lista dos clássicos da demagogia política.
____
Deputado cogita auxílio-periculosidade para professores. Deputado cogita auxílio-periculosidade para professores. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, outubro 20, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD