Header AD

Alcilene: para ajudar Gilvam TV ‘Record cortou o último bloco do debate’.

Para auxiliar o candidato do PMDB, a TV Equatorial que retransmite o sinal da TV Record no Amapá cortou o último bloco do debate entre Gilvam Borges e Clécio Luís. Quem afirma é a competente jornalista e blogueira Alcilene Cavalcante, no Twitter, logo após encerramento do embate entre os candidatos.


---‘Em Macapá só falta boi voar mesmo. O candidato se ferra no debate, e a emissora cujo dono é o vice, acaba com o debate’ – escreveu na rede social.

Segundo a jornalista, o programa deixou de exibir um bloco, aquele que em todo bom debate existe: o de perguntas entre os candidatos. “A regra tinha mais um bloco de perguntas entre candidatos. A emissora na marra, cortou o bloco”.

--- ‘Atentos . Record cortou o último bloco do debate. Que absurdo. Que palhaçada . Gilvan não dá conta de debater e a emissora acaba o debate’ --- denuncia.

A jornalista acusa a emissora de agir a favor do candidato do PMDB e contra Clécio, ao não permitir direito de resposta para o candidato da Rede. “Gilvam chama Clécio de criminoso e Record não dá direito de resposta . A TV é do vice de Gilvan . Mas tá feio (...) Produção da Record, que é de Adiomar, selecionou perguntas pra Gilvan só cortar. Problema: ele não consegue”, escreveu na rede social Twitter.
__
Alcilene: para ajudar Gilvam TV ‘Record cortou o último bloco do debate’. Alcilene: para ajudar Gilvam TV ‘Record cortou o último bloco do debate’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, outubro 22, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD