Header AD

A derrota dos Sarneys no Maranhão.

A participação dos Sarneys na eleição do primeiro turno em São Luís foi um fiasco. Candidato a vereador, o ex-presidente da Câmara, Ivan Sarney, irmão do ex-senador José Sarney, foi um vexame nas urnas, obtendo apenas 709 votos.

Foto: Jornal Pequeno.

Do blog do John Cutrin.
[...]
Ivan Sarney foi vereador entre 1992 e 2004. A campanha do servidor aposentado contou, inclusive, com apoio financeiro de Sarney, que doou R$ 5.000 para ajudar na eleição. Além de ver o irmão derrotado, o PMDB comandando pela família na capital viu o candidato Fábio Câmara ficar apenas na 5ª colocação, com 19.045 votos (3,63% dos votos válidos).

Os candidatos a prefeito apoiados pelo clã Sarney também não se saíram bem e foram derrotados.

O neto do ex-senador José Sarney, deputado Adriano Sarney, por exemplo, era um dos coordenadores da candidata Eliziane Gama (PPS), que ficou apenas em quarto lugar com 6,19% dos votos. O ministro Zequinha Sarney (Meio Ambiente) também optou pela candidatura da deputada federal.

Já o deputado estadual Edilázio Júnior (PV), genro de Ronald Sarney, que é irmão do ex-presidente Sarney, apoiou o empresário Wellington do Curso, do PP, que ficou de fora do segundo turno após ser ultrapassado por Eduardo Braide. A ex-governadora Roseana Sarney, apesar de não declarar oficialmente, tinha simpatia pelo nome Wellington.

Mas nada está perdido. A família Sarney aposta em uma candidatura no segundo turno na capital, e para isso já disponibilizou toda a estrutura de comunicação e mídia para esse candidato.
___
A derrota dos Sarneys no Maranhão. A derrota dos Sarneys no Maranhão. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, outubro 03, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD