Header AD

Marisa Monte: ‘Shangri-la’, o país idealizado pelos socialistas?

Marisa de Azevedo Monte nasceu no Rio de Janeiro em 1 de julho de 1967, cantora, compositora, instrumentista e produtora musical de música pop e samba. Marisa já vendeu mais de 10 milhões de álbuns e ganhou inúmeros prêmios nacionais e internacionais, incluindo quatro Grammy Latino. Ela é considerada pela revista Rolling Stone Brasil como a segunda maior cantora do Brasil, atrás somente de Elis Regina. Ela também tem dois álbuns (MM e Verde, Anil, Amarelo, Cor-de-Rosa e Carvão) na lista dos 100 melhores discos da música brasileira.


Do Editor.

Nesta canção ‘Vilarejo’, composta por Marisa, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes e Pedro Baby, há intertextualização  sobre ‘Shangri-la’, da criação literária de 1925 do inglês James Hilton, Lost Horizon (Horizonte Perdido).

De acordo com biblioteca Wikipédia, é descrito como um lugar paradisíaco situado nas montanhas do Himalaia, sede de panoramas maravilhosos e onde o tempo parece deter-se em ambiente de felicidade e saúde, com a convivência harmoniosa entre pessoas das mais diversas procedências.

Shangri-la será sentido pelos visitantes ou como a promessa de um mundo novo possível, no qual alguns escolhem morar, ou como um lugar assustador e opressivo, do qual outros resolvem fugir.

O ambiente pode ter alguma associação com a utopia comunista almejada pelos primeiros cristãos; quem tem desapego a bens materiais pode viver feliz para sempre em Shangri-la, mas para quem carrega o peso do gene egoísta, o país pode ser hostilizado, visto como ‘verdadeiro’ inferno. O romance inspira duas versões cinematográficas nas décadas seguintes. No mundo ocidental, Shangri-la é entendido como um paraíso terrestre oculto.

‘Vilarejo’, composição: Marisa, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes e Pedro Baby,

Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão

Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraiso se mudou para lá

Por cima das casas, cal
Frutos em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real

Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa

Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar

Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção

Tem um verdadeiro amor
Para quando você forr
Para quando você for


___
Marisa Monte: ‘Shangri-la’, o país idealizado pelos socialistas? Marisa Monte: ‘Shangri-la’, o país idealizado pelos socialistas? Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, setembro 10, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD