Header AD

Jornalista ao presidente do Sinsepeap: ‘além de pelego, é também ilegítimo’.

O jornalista Humberto Moreira comentou na rede social Facebook, neste domingo (11) sobre a situação de inoperância do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap), e do presidente da entidade, Aroldo Rabelo, diante do desmonte da educação pública promovida pelo governo do Amapá.


 — A justiça mantêm esse energúmeno [Aroldo Rabelo] na presidência através de liminar. Além de pelego ele é ilegítimo — afirma Moreira.

Humberto comentou publicação do “Diário do Meio do Mundo”, em que estudantes da Escola Estadual Tiradentes manifestaram indignação diante do descaso do governo do Amapá com a educação pública. Os alunos saíram em caminhada da escola até a Secretaria de Estado da Educação (Seed), na manhã desta sexta-feira (9). Eles foram reivindicar melhorias no setor, ver aqui.

O presidente do Sinsepeap desempenhou importante papel na eleição do governador Waldez Góes (PDT), ao comandar onda de greves antes da eleição ao governo, em 2014, no entanto, desde início de 2015, silencia, não desempenha mesma energia dos anos anteriores.

Araldo Rabelo está à frente do Sinsepeap desde janeiro de 2011 e se mantém no cargo há dois anos por força jurídica de liminar.
__
Jornalista ao presidente do Sinsepeap: ‘além de pelego, é também ilegítimo’. Jornalista ao presidente do Sinsepeap: ‘além de pelego, é também ilegítimo’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on domingo, setembro 11, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD