Header AD

Governadores do Amapá é de Roraima são os mais rejeitados do Brasil, aponta IBOPE.

O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), em recente pesquisa, avaliou a popularidade de todos os governadores de Estado do Brasil. O governador do Amapá, Waldez Góes (PDT), aparece como o segundo gestor mais rejeitado do País, e só ganha de Suely Campos (PP – Roraima).


Os governadores mais mal-avaliados nas suas capitais são: Suely Campos (PP – Roraima), com 62 pontos negativos em Boa Vista; Waldez Góes (PDT – Amapá), com 57 pontos negativos em Macapá; Marcelo Miranda (PMDB – Tocantins), com 46 pontos negativos em Palmas; José Ivo Sartori (PMDB – Rio Grande do Sul), com 43 pontos negativos em Porto Alegre; e Francisco Dornelles (PP – Rio de Janeiro), com 41 pontos negativos entre os cariocas.

Outros sete governadores têm saldo ao menos 10 pontos negativos nas capitais de seus Estados. Do maior ao menor déficit: José Melo de Oliveira (PROS) em Manaus, Beto Richa (PSDB) em Curitiba, Simão Jatene (PSDB) em Belém, Jackson Barreto (PMDB) em Aracaju, Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo, Marconi Perillo (PSDB) em Goiânia e Paulo Câmara (PSB) no Recife.
Pode-se creditar essa perda de prestígio popular dos governadores às crises política e econômica. Mas, se fosse só isso, o desgaste se repetiria com a mesma intensidade entre os prefeitos das capitais. Aconteceu, mas em escala bem menor.

Continue lendo, aqui.
__
Governadores do Amapá é de Roraima são os mais rejeitados do Brasil, aponta IBOPE. Governadores do Amapá é de Roraima são os mais rejeitados do Brasil, aponta IBOPE. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, setembro 06, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD