Header AD

Privatização: A CELPA como espelho para CEA.

O governo do interino Michel Temer (PMDB) acelera processos de venda do patrimônio público no país. No Amapá, a privatização da Companhia de Eletricidade (CEA) é tida como certa e deverá passar para a iniciativa privada no próximo ano.


O Ministério de Minas e Energia emitiu portaria indicando o caminho da privatização da Companhia de Eletricidade do Amapá. A condução da privatização será feita pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que estabelecerá os prazos para a consumação do processo.

Diante do que aconteceu no estado do Pará, com a privatização da Companhia Elétrica (CELPA), a população amapaense deverá se preparar para o pior.

A CELPa foi privatizada há 18 anos. Nesses quase 20 anos, o consumidor viveu um pesadelo, com a perda do patrimônio, somado a disparada das tarifas e a degradação completa dos serviços, que estão entre os piores do Brasil.

— 'Decorridos 15 anos, a realidade mostra um cenário bem diferente. Um cenário de fato sombrio, em nada parecido com aquele pintado em cores alegres pelo discurso oficial que buscava exaltar as maravilhas da privatização. Vendida por valor correspondente na época a 450 milhões de dólares, ou o equivalente a cerca de R$ 1 bilhão a preços de hoje, a Celpa foi novamente “vendida” uma década e meia depois pelo valor simbólico de R$ 1,00. Isso dá bem uma ideia do tamanho de sua derrocada.', informa reportagem de um jornal paraense.

Naquele estado, quem 'pagou o pato' literalmente foi a população. Leia detalhes, aqui.
__

Privatização: A CELPA como espelho para CEA. Privatização: A CELPA como espelho para CEA. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quarta-feira, agosto 24, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD