Header AD

Jornalista cita caso do "dinheiro do motel em Santana" para alertar que "Jogo Sujo Eleitoral" está para começar.

"Jogo Sujo Eleitoral', em breve na sua tela", anunciou o jornalista Domiciano Gomes em uma rede social, neste domingo,7. Ele faz referência ao jogo baixo praticado por políticos amapaenses em época de eleições.


Para Domiciano, faz algum tempo que o jogo sujo e rasteiro nas eleições amapaenses se “aprimora” a cada pleito.

 — 'Para determinados grupos políticos Tucujus o vale-tudo pelo poder rola durante as eleições no horário eleitoral e nas redes sociais, desqualificando os adversários, e depois do pleito na tentativa de tomar o mandato na marra, via justiça eleitoral', constata o jornalista.

Gomes lembra de dois episódios marcantes, um ocorrido no município de Santana, nas eleições municipais de 2012, a história de dinheiro e um motel. E o caso da história do fechamento da fábrica da Coca-Cola, nas eleições de 2014. Nos dois casos os autores dos episódios tiveram êxito eleitoral e tudo ficou por isso mesmo.

Há quem afirme que no caso de Santana, nas eleições de 2012, quem teria articulado a operação de busca e apreensão de "dinheiro em motel" foi um deputado federal atualmente, e que à época dos acontecimentos exercia a função de delegado da Polícia Federal (PF). Entretanto, quem promovera a ação foi o promotor eleitoral Milton Ferreira do Amaral Júnior e o juiz Normandes de Sousa assinou o mandado, sob o comando do delegado da PF Thiago Severo de Rezende.

O episódio justificou pedido de anulação da eleição.

—  'No dia 5 de outubro, o promotor inventou a denúncia de que haveria R$ 2 milhões no motel A2 Pousada com a candidata Marcivânia, fato que não foi comprovado, mas cuja repercussão desequilibrou a eleição e alterou o seu resultado', afirmou na ocasião o advogado Dorival Santos.

Santos argumentou na época que “no dia 5 de outubro, antes do ‘escândalo do Motel A2’ as pesquisas apontavam a candidata Marcivânia com 44% e o candidato Robson Rocha com 36%”. Na ação, a coligação anexou pesquisa do dia 20 de outubro em que 16,2% dos eleitores declararam ter mudado o voto a favor de Robson, em função do dinheiro do motel. O advogado considerou estranho o fato de que “mesmo que a Polícia Federal não tenha encontrado nenhum centavo no motel, no local já havia militantes do candidato Robson Rocha com milhares de panfletos sobre Marcivânia e o escândalo do dinheiro no motel”.

Domiciano faz projeção para esta eleição: 'vai aqui um alerta. Essa história do motel e Coca-Cola é conto infantil perto do que vem por aí. Proposta e projetos para Macapá vão ficar em último plano', afirma.


__
Jornalista cita caso do "dinheiro do motel em Santana" para alertar que "Jogo Sujo Eleitoral" está para começar. Jornalista cita caso do "dinheiro do motel em Santana" para alertar que "Jogo Sujo Eleitoral" está para começar. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, agosto 08, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD