Header AD

Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá.

Profissionais da educação fazem manifestação contra insegurança que tomou conta das escolas estaduais amapaenses, depois que o governo do Estado suspendeu contrato de vigilância das instituições de ensino.


Por Abinoan Santiago, do G1 AP.

Professores, alunos e vigilantes fizeram um protesto com faixas e cartazes nesta sexta-feira (19) em frente ao Palácio do Setentrião, sede do governo, para cobrar a retomada da vigilância 24 horas nas escolas da rede pública do estado em Macapá e Santana.

O serviço teve os contratos encerrados em 5 de agosto e provocou uma série de furtos nos colégios. Pelos menos 14 foram lesados pela violência. O movimento desta sexta-feira se mostrou contrário às medidas do estado anunciadas na quinta-feira (18) para amenizar os crimes.
A manifestação foi coordenada pelo Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap) e fechou a Rua General Rondon, entre as avenidas FAB e Procópio Rola.

De acordo com o governo, serão remanejados vigilantes da Secretaria de Estado da Administração (Sead) para atuarem em 50 escolas consideradas vulneráveis. O fim dos contratos afetou 136 colégios de Macapá e Santana.

Outra medida para garantir a segurança nos prédios escolares foi estender o trabalho do Batalhão de Policiamento Escolar, que ocorria durante o horário de aula. Agora, as rondas vão se estender até as 3h, diariamente.

[...]
LEIA MAIS..

Waldez penaliza os mais pobres e aprofunda a crise, afirma ex-secretário.
*****
 Governo anuncia policiamento escolar durante as madrugadas.
*****
Pacientes protestam contra falta de medicamentos e curativos no HE.
*****
Aulas suspensas: sem vigilantes, escolas vivem onda de furtos e assaltos. 
 *****
Caos na educação: sem vigilantes, assaltantes rendem alunos e professores em escola do Amapá.
*****
Professores acusados de apoiar eleição de Waldez viram alvo de chacotas nas redes sociais. 
 *****
Medo dos assaltos nas escolas compromete ensino-aprendizagem dos alunos.
*****
Jornal 'Globo News' dá destaque para onda de saques nas escolas amapaenses.

__
Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá. Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, agosto 20, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD