Header AD

Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá.

Profissionais da educação fazem manifestação contra insegurança que tomou conta das escolas estaduais amapaenses, depois que o governo do Estado suspendeu contrato de vigilância das instituições de ensino.


Por Abinoan Santiago, do G1 AP.

Professores, alunos e vigilantes fizeram um protesto com faixas e cartazes nesta sexta-feira (19) em frente ao Palácio do Setentrião, sede do governo, para cobrar a retomada da vigilância 24 horas nas escolas da rede pública do estado em Macapá e Santana.

O serviço teve os contratos encerrados em 5 de agosto e provocou uma série de furtos nos colégios. Pelos menos 14 foram lesados pela violência. O movimento desta sexta-feira se mostrou contrário às medidas do estado anunciadas na quinta-feira (18) para amenizar os crimes.
A manifestação foi coordenada pelo Sindicato dos Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap) e fechou a Rua General Rondon, entre as avenidas FAB e Procópio Rola.

De acordo com o governo, serão remanejados vigilantes da Secretaria de Estado da Administração (Sead) para atuarem em 50 escolas consideradas vulneráveis. O fim dos contratos afetou 136 colégios de Macapá e Santana.

Outra medida para garantir a segurança nos prédios escolares foi estender o trabalho do Batalhão de Policiamento Escolar, que ocorria durante o horário de aula. Agora, as rondas vão se estender até as 3h, diariamente.

[...]
LEIA MAIS..

Waldez penaliza os mais pobres e aprofunda a crise, afirma ex-secretário.
*****
 Governo anuncia policiamento escolar durante as madrugadas.
*****
Pacientes protestam contra falta de medicamentos e curativos no HE.
*****
Aulas suspensas: sem vigilantes, escolas vivem onda de furtos e assaltos. 
 *****
Caos na educação: sem vigilantes, assaltantes rendem alunos e professores em escola do Amapá.
*****
Professores acusados de apoiar eleição de Waldez viram alvo de chacotas nas redes sociais. 
 *****
Medo dos assaltos nas escolas compromete ensino-aprendizagem dos alunos.
*****
Jornal 'Globo News' dá destaque para onda de saques nas escolas amapaenses.

__
Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá. Crise na educação: falta de segurança nas escolas gera protesto de professores em Macapá. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, agosto 20, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD