Header AD

Aulas suspensas: sem vigilantes, escolas vivem onda de furtos e assaltos.

A Polícia Militar informa que foram realizados furtos em duas escolas durante a madrugada desta sexta-feira (12) em Macapá. Onda de violência no Estado aumentou nos últimos meses, principalmente nas escolas depois que o governo do Amapá suspendeu todos os contratos dos vigilantes. 



Do G1/AP.
As escolas estaduais Serafini Costaperária e José de Anchieta foram alvos de furtos durante a madrugada desta sexta-feira (12) em Macapá, informou a Polícia Militar (PM) do Amapá. Os registros aconteceram nas zonas Norte e Sul da capital e até esta publicação, nenhum suspeito havia sido preso ou identificado. Ambas as instituições suspenderam as aulas.

De acordo com a polícia, na escola Serafini, localizada no bairro Jardim Felicidade, na Zona Norte de Macapá, foram furtados 3 computadores, 3 impressoas, 2 aparelhos de ar-condicionado, 2 retroprojetores, 2 microfones sem fio e um aparelho de som.

Na escola José de Anchieta, no bairro Santa Rita, Zona Sul da capital, foram levados uma bomba d'água e materiais de mídia, informou a polícia. O roubo também ocorreu durante a madrugada, segundo funcionários que, ao chegarem aos referidos locais de trabalho, notaram as portas arrombadas.

Desde a segunda-feira (8), a polícia tem registrado furtos e arrombamentos diários em escolas em Macapá e Santana. Os prédios da rede pública estadual de educação estão sem vigilantes desde 3 de agosto após o governo decidir não renovar os contratos com as empresas que prestavam o serviço para 136 escolas de Macapá e Santana. A segurança passou a ser feita por policiais militares através de rondas.

Na quinta-feira (11), a Escola Estadual Deuzuite Cavalcante, que fica no bairro Perpétuo Socorro, na Zona Leste de Macapá foi invadida por criminosos, que furtaram computadores, impressoras e objetos de várias salas. A escola suspendeu as aulas, com previsão de retorno para segunda-feira (15).

Em Santana, a 17 quilômetros de Macapá, a escola Everaldo Vasconcelos, no bairro Paraíso foi furtada duas vezes na segunda-feira (8). Segundo a direção da escola, os criminosos entraram na no prédio na madrugada de domingo (7) e levaram computadores. No mesmo dia, durante a tarde, o colégio também eve botijões e materiais de cozinha roubados.
[...]
__
Aulas suspensas: sem vigilantes, escolas vivem onda de furtos e assaltos. Aulas suspensas: sem vigilantes, escolas vivem onda de furtos e assaltos. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, agosto 12, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD