Header AD

Randolfe: Impeachment está perto de ser derrotado.

Senador Randolfe Rodrigues (Rede) afirmou que além dos 22 senadores que votaram contra a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma Rousseff, há conversações com outros nove parlamentares, do PDT, PMDB, PSD e PSB, dos quais seis já estariam inclinados a votar contra o processo. Com 28 votos contrários, o impeachment é rejeitado; segundo Randolfe, a estratégia de convencimento dos nove senadores passa, porém, pela abdicação da Presidência da República por Dilma, com a proposta de eleições diretas. As informações são do Jornal do Brasil.


Do Jornal do Brasil

Eduardo Miranda, Jornal do Brasil - Um dos maiores defensores de eleições presidenciais em outubro, antes mesmo que a presidente Dilma Rousseff fosse afastada temporariamente pelo Senado, o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou, em conversa com o Jornal do Brasil, que o processo de impeachment é possivelmente reversível.

Para que o processo de impedimento de mandato seja aprovado em definitivo são necessários 54 votos (dois terços dos 81 senadores). Pelas contas de Randolfe, 30 senadores podem votar contra o impeachment, o que inviabilizaria a aprovação do processo, já que restariam 51 senadores.

"Somos 22 os que votaram contra o impeachment (na primeira etapa). Pelo menos 21 desses estão mantidos e votarão contra o impedimento de mandato. Estamos dialogando com um grupo de outros senadores do PDT, do PMDB, do PSD e do PSB. Nossa conversa é com nove senadores, incluindo aí Romário e Cristovam Buarque, e seis já estão inclinados a votar contra o processo", afirma Randolfe.

Segundo o parlamentar do Rede, a estratégia de convencimento dos nove senadores passa, porém, pela abdicação da Presidência da República por Dilma, com a proposta de eleições diretas. "Essa perspectiva poderia atrair os senadores desde que se pressionasse a opinião pública. Dilma precisa divulgar sua proposta publicamente e ela só faria sentido se fosse antes da votação do processo. Eu acho, sinceramente, que a chance é grande".
___
Randolfe: Impeachment está perto de ser derrotado. Randolfe: Impeachment está perto de ser derrotado. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, julho 18, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD