Header AD

Racha na base política do prefeito Clécio pode comprometer projeto de reeleição.

O prefeito Clécio Luís (Rede) está vendo sua base política fugir do controle e se fragmentar. Já são duas "deserções", a do vice-prefeito Alan Sales (PPS) e do presidente da Câmara Municipal Acácio Favacho (PROS).

Foto: Márcia do Carmo


Até esta semana o prefeito figurava em quadro com amplo favoritismo para as eleições de outubro, com mais de dez partidos no arco de apoio. Agora parece que o projeto de reeleição do alcaide perdeu o rumo.

O vice Alan Sales entregou a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), ocupada pelo aliado o experiente advogado e empresário, Valdinei Amanajás. Sales anunciou que vai compor a base de apoio do governador Waldez Góes (PDT), e já indicou Amanajás para presidente da CAESA.

Além de Sales, pelo menos dois grupos políticos disputavam a indicação da vice na chapa do prefeito, o grupo do senador Davi Alcolumbre (DEM) e do ex-peemedebista Acácio Favacho (PROS), presidente da Câmara municipal.

Favacho chegou anunciar nesta quinta-feira, 21, que o Legislativo pode suspender seu recesso e convocar o prefeito e secretários para dar explicações, depois que o Clécio encaminhou proposta que reduz os repasses da Câmara de Vereadores para o restante de 2016.

Até o período final para homologações oficiais das candidatura, em convenções, 20 de gosto, poderá haver mais deserções.
__
Racha na base política do prefeito Clécio pode comprometer projeto de reeleição. Racha na base política do prefeito Clécio pode comprometer projeto de reeleição. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sexta-feira, julho 22, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD