Header AD

Ex-prefeita de Laranjal do Jari nega ter desviado recursos da obra da ponte sobre rio Jari.

A ex-prefeita de Laranjal do Jari, Euricelia Cardoso, esclareceu sobre suposta participação nos desvios da obra sobre o rio Jari, que liga Laranjal (AP) a Monte Dourado (PA). De acordo com texto que publicou em uma rede social neste domingo, 24, ela afirma categoricamente que não teve nenhuma participação nos desvios da obra porque não foi responsável pelas autorizações de pagamentos.


A ex-prefeita apresenta oficio da Caixa Econômica Federal o qual exime participação dela no processo dos desvios.

—  A Caixa Econômica Federal esclarece a de forma clara e contundente a sua responsabilidade nos pagamentos, nos recursos e principalmente na isenção da minha pessoa e da Prefeitura de Laranjal do Jari — afirma Euricelia.

O DMM publicou matéria sobre a rejeição das contas da ex-prefeita pelo Tribunal de Contas da União (TCU) [ver aqui].


Leia íntegra abaixo.

Caros colegas,

Desde quando assumi o Município tenho convivido com este assunto da ponte, mas confesso que nunca tive dificuldade em prestar quaisquer esclarecimentos a cerca deste tema.

Sei que fui ousada e corajosa em retomar as discussões sobre este emblemático empreendimento, que por sinal o encontrei licitado pelo meu antecessor Pref. Miranda, o qual também tem sido vítima de calúnia e difamação.

Entretanto, percebo que este assunto insiste em ganhar destaque próximo ao período de campanha eleitoral (Estranhamente).

Embora durante todos esses anos tenha afirmado que a Prefeitura de Laranjal do Jari nunca teve acesso a um centavo sequer e muito menos foi responsável por gerenciar ou realizar pagamentos referentes a esta obra. Ora, se o DESTAQUE das acusações é DESVIO de recursos financeiros. “Então gostaria de saber como se DESVIA algo do qual você não teve acesso”.

Resolvi dar um BASTA nisso! Sei que os transtornos causados a mim e a minha família são irreparáveis. Mas, nem por isso deixarei de tomar as devidas providências cabíveis.

Pois bem, conforme resposta do oficio 011/2016 de 21/07/2016 em anexo a Caixa Econômica Federal esclarece a de forma clara e contundente a sua responsabilidade nos pagamentos, nos recursos e principalmente na isenção da minha pessoa e da Prefeitura de Laranjal do Jari. Apesar de algumas “pessoas” tentarem imputar falsas acusações e responsabilidades desta obra, tenho a obrigação de esclarecer os munícipes de Laranjal do Jari, a VERDADEIRA história dos recursos da ponte de Laranjal do Jari. Mas, confesso que aliada ao meu esforço tenho um objetivo muito presente na minha vida, o RETORNO da obra e de vê-la pronta.

Nesta quarta-feira dia 20/07/2016, quando várias matérias começaram a circular e ganhar repercussão, logo tratei de solicitar da CEF sobre o papel dela no contexto geral desta obra. “E claro, a Caixa Econômica Federal não poderia responder de outra forma, senão: “.. De que à competência de fiscalizar e realizar pagamentos referentes à obra sempre foi sua (CEF)...”. Entretanto, sei que esta minoria de pessoas que age por CONVENIÊNCIA, e em época de eleição, tentando distorcer a realidade. Afinal, o que dá ibope são as notícias negativas, e por que não dizer (Difamatórias Caluniosas e Levianas). E que muitas vezes parece mais um show pirotécnico do que uma notícia.

Todavia, seguirei dando outros passos... A partir de amanhã, tomarei as devidas providências, administrativas e judiciais afim de reparar todos as injustiças e as denúncias caluniosas.

E assim finalizo com este pensamento de Rui Barbosa e compartilhando oficio e resposta da CEF.

“Justiça tardia nada mais é do que injustiça institucionalizada” Rui Barbosa

Atenciosamente,
Euricelia Cardoso
Ex. Prefeita de Laranjal do
__
Ex-prefeita de Laranjal do Jari nega ter desviado recursos da obra da ponte sobre rio Jari. Ex-prefeita de Laranjal do Jari nega ter desviado recursos da obra da ponte sobre rio Jari. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on domingo, julho 24, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD