Header AD

Domiciano ao governo do Amapá: Fortaleza ou "Bordel"?

O jornalista Domiciano Gomes denunciou nas redes sociais, neste sábado, 23, o descaso das autoridades com a Fortaleza São José de Macapá  — principal ponto turístico do Amapá. 


—‘Fortaleza ou Randevu?’, pergunta, sobre a realização de um grande evento privado na área da Fortaleza, com a realização de shows, apresentação de DJs, carro sons, etc., dando a entender que, pelo descaso das autoridades, o maior patrimônio cultural do estado pode virar um genuíno bordel.

Domiciano afirma que recentemente uma determinada autoridade da área ambiental havia proibido a realização de eventos envolvendo carros de alta-velocidade na pista do Sambódromo.

Segundo ele, a decisão tinha por objetivo combater a poluição sonora gerada pelos veículos e evitar que novos acidentes fatais, como o ocorrido em 2007, voltem a acontecer. Porém, mesmo contrariando a decisão dessa autoridade, os organizadores conseguiram realizar o evento após obterem autorização do governador do estado.

O jornalista informa também que amapaenses estão se mobilizando nas redes sociais para evitar que a Fortaleza de Macapá vire casa "randevu".

— Pessoas estariam recorrendo as redes sociais para evitar a realização de um mega evento privado na área da fortaleza, com a realização de shows, apresentação de DJs e tudo mais,— denuncia.

Leia íntegra.
Fortaleza ou Randevu.
Recentemente soube que determinada autoridade da área ambiental havia proibido a realização de eventos envolvendo carros de alta-velocidade na pista do Sambódromo. A decisão tinha por objetivo combater a poluição sonora gerada pelos veículos e evitar que novos acidentes fatais, como o ocorrido em 2007, voltem a acontecer. Ocorre que, mesmo contrariando a decisão dessa autoridade, os organizadores conseguiram realizar o evento após obterem autorização do gestor maior.

Agora recebo informações de que amapaenses estão tentando evitar que a Fortaleza de São José de Macapá, nosso maior ponto turístico e símbolo desse povo, se torne um "randevu". Essas pessoas estariam recorrendo as redes sociais para evitar a realização de um mega evento privado na área da fortaleza, com a realização de shows, apresentação de DJs e tudo mais.

Acredito que, caso nossas autoridades tivessem respeito e compromisso com a história amapaense e, portanto, com nossos monumentos, não precisava a sociedade se mobilizar para impedir esse tipo de situação. Ocorre que, assim como no caso do Sambódromo, certamente os aliados daquele gestor já tiveram o parecer favorável, e o vento será realizado. Portanto só nos resta protestar e defender a nossa Fortaleza.
___
Domiciano ao governo do Amapá: Fortaleza ou "Bordel"? Domiciano ao governo do Amapá: Fortaleza ou "Bordel"? Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on sábado, julho 23, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD