Header AD

Chefe de Segurança com status de secretário, que teria desviado arma para traficante de drogas, continua foragido.

O tenente da Polícia Militar, Huelton Medeiros, que teve a prisão preventiva decretada por ameaçar um oficial do Conselho de Justiça Militar ainda não foi exonerado pelo chefe do Executivo. Ele é acusado de desviar arma da corporação para traficante de drogas em Macapá. De acordo com a Corregedoria da PM, o policial não foi localizado e continua foragido de Justiça.


Segundo informação prestadas pelo tenente-coronel e corregedor da PM, Wellington Nunes, ao portal G1/Amapá, o mandado de prisão contra Medeiros foi cumprido na segunda-feira (18) depois que a juíza Ilana Kabaczinik Luono Kapah, da 3ª Vara Criminal e Auditoria Militar, decretou a prisão na sexta-feira (15). Diversas buscas, segundo ele, foram feitas na residência, local de trabalho e outros pontos frequentados pelo tenente-coronel, mas sem êxito.

 — Fizemos diligências em vários locais, inclusive os indicados no mandado de prisão, mas ele não foi localizado. Tentamos contato por telefone, mas não conseguimos respostas. Por esse motivo, a partir de hoje ele é considerado foragido pela PM e pela Justiça —, enfatizou o Tenete-coronel Wellington Nunes.

Apesar dos escândalos envolvendo o militar desde o ano passado, quando foi preso por uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal, logo depois de atropelar uma mulher sem prestar socorro à vítima, e com sinais de embriagues, ele ainda continua responsável pela Secretaria de Segurança Institucional do Gabinete do governador Waldez Góes (PDT), órgão com status de Secretaria de Estado.

Leia mais detalhes, aqui.
__
Chefe de Segurança com status de secretário, que teria desviado arma para traficante de drogas, continua foragido. Chefe de Segurança com status de secretário, que teria desviado arma para traficante de drogas, continua foragido. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on terça-feira, julho 19, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD