Header AD

Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes.

Repercute nas redes sociais Facebook e Twitter o calote promovido pelo governo do Estado no 13º salário dos servidores estaduais. 


O ex-governador Camilo Capiberibe ironizou o governo de Waldez Góes (PDT) em mensagem na rede social Twitter, nesta quinta-feira, 14.

 — Passando aqui só para lembrar que no governo do PSB o salário era pago no último dia do mês e o décimo terceiro conforme as datas previstas  — Twitou o ex-governador.

No Facebook Camilo deixou a seguinte mensagem: 'Crítica recorrente ao desenvolvimento do Amapá é que sempre dependemos da economia do contracheque mas esqueceram de avisar para o W12 que não se responde a essa crítica acabando com ela'.

Além de capiberibe, outras personalidades influentes nas redes sociais lamentaram ou ironizaram decisão do governo do Estado de não pagar parcela do 13º salário.

O internauta Nelson Pimentel fez duras críticas à gestão estadual.

 — Primeiros oito anos de governo 12, o caos era geral, saíram algemados para papuda, voltaram nos braços do povo, taí o resultado!  — escreveu o militar @NelsonPimentel_ .

A jornalista Alcilene Cavalcante também ironizou a decisão do governo Waldez sobre o calote no 13º  salário do funcionalismo estadual.

 — Waldez mandou na veia. Não vai pagar o décimo dos servidores !!!!  — twitou @alcileneblog.

A docente Lia Borralho deixou mensagem no Facebook convidando os colegas para greve geral que vai acontecer na próxima terça-feira (19).

 — Funcionário público estadual, venha à paralisação do dia 19 e vamos construir a maior GREVE GERAL da história de nosso estado. A luta de classes aponta para a política de UNIDADE DE AÇÃO de todas as categorias —  alertou Lia Borralho.

Já o jornalista Paulo Silva lembra da lei para constatar que o governo do Estado não está obrigado a pagar o parte do 13º em julho.

 — Pela lei, a primeira parcela do 13º salário deve ser paga até 30 de novembro, e a segunda até 20 de dezembro. Mas acostumaram com julho  — escreveu o radialista  ‏@PauloSilva1955 no Twitter.

A jornalista Vanessa Costa também comentou sobre os possíveis motivos da crise financeira no Estado.

—  Agora a crise virou justificativa para má gestão. Acordem e não aceitem desculpinha. Se a crise fosse o problema, todos os estados estariam parcelando os salários dos servidores, mas a gente percebe que os que estão em pior situação são aqueles que gastaram demais e não souberam administrar suas contas —  afirmou.

Atualizado em 14-07-2016, às 16h53'.
___
Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes. Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, julho 14, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD