Header AD

Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes.

Repercute nas redes sociais Facebook e Twitter o calote promovido pelo governo do Estado no 13º salário dos servidores estaduais. 


O ex-governador Camilo Capiberibe ironizou o governo de Waldez Góes (PDT) em mensagem na rede social Twitter, nesta quinta-feira, 14.

 — Passando aqui só para lembrar que no governo do PSB o salário era pago no último dia do mês e o décimo terceiro conforme as datas previstas  — Twitou o ex-governador.

No Facebook Camilo deixou a seguinte mensagem: 'Crítica recorrente ao desenvolvimento do Amapá é que sempre dependemos da economia do contracheque mas esqueceram de avisar para o W12 que não se responde a essa crítica acabando com ela'.

Além de capiberibe, outras personalidades influentes nas redes sociais lamentaram ou ironizaram decisão do governo do Estado de não pagar parcela do 13º salário.

O internauta Nelson Pimentel fez duras críticas à gestão estadual.

 — Primeiros oito anos de governo 12, o caos era geral, saíram algemados para papuda, voltaram nos braços do povo, taí o resultado!  — escreveu o militar @NelsonPimentel_ .

A jornalista Alcilene Cavalcante também ironizou a decisão do governo Waldez sobre o calote no 13º  salário do funcionalismo estadual.

 — Waldez mandou na veia. Não vai pagar o décimo dos servidores !!!!  — twitou @alcileneblog.

A docente Lia Borralho deixou mensagem no Facebook convidando os colegas para greve geral que vai acontecer na próxima terça-feira (19).

 — Funcionário público estadual, venha à paralisação do dia 19 e vamos construir a maior GREVE GERAL da história de nosso estado. A luta de classes aponta para a política de UNIDADE DE AÇÃO de todas as categorias —  alertou Lia Borralho.

Já o jornalista Paulo Silva lembra da lei para constatar que o governo do Estado não está obrigado a pagar o parte do 13º em julho.

 — Pela lei, a primeira parcela do 13º salário deve ser paga até 30 de novembro, e a segunda até 20 de dezembro. Mas acostumaram com julho  — escreveu o radialista  ‏@PauloSilva1955 no Twitter.

A jornalista Vanessa Costa também comentou sobre os possíveis motivos da crise financeira no Estado.

—  Agora a crise virou justificativa para má gestão. Acordem e não aceitem desculpinha. Se a crise fosse o problema, todos os estados estariam parcelando os salários dos servidores, mas a gente percebe que os que estão em pior situação são aqueles que gastaram demais e não souberam administrar suas contas —  afirmou.

Atualizado em 14-07-2016, às 16h53'.
___
Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes. Camilo lembra sua gestão e compara com a atual de Waldez Góes. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on quinta-feira, julho 14, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD