Header AD

MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’.

Para o Ministério Público Federal,  Sarney era o “chefe de todos os chefes” do esquema do PMDB.


Ao justificar o pedido de prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica para José Sarney, o Ministério Público Federal descreve a atuação do ex-presidente como a do “capo di tutti capi”, ou “chefe de todos os chefes” do PMDB.

O Ministério Público Federal pediu a prisão de Sarney ao Ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, na última segunda-feira, 6, depois que gravações de conversas o flagraram articulando para obstruir a operação Lava Jato. Pedido aguarda análise do Ministro.

Procuradores dizem que nada acontecia no esquema de propina para o PMDB sem a bênção de Sarney.


Lava-Jato pode ser encerrada? Procurador da República diz que sim.

Procurador diz que Sarney Renan e Jucá podem acabar com a Operação Lava Jato  - 13 de junho de 2016 | Por: Leandro Miranda.

As gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, mostraram que existe uma trama para paralisar a Operação Lava jato, e quem esta na linha de frente é o senador Renan Calheiros (AL), o ex-presidente José Sarney (AP) e o senador e ex-ministro do Planejamento Romero Jucá (RR). Quem garante isso é o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, que disse ser “possível e até provável” que as investigações do maior escândalo de corrupção do País acabem.

Dallagnol explicou que as conversas expuseram uma trama para “acabar com a Lava Jato”. “Esses planos seriam meras especulações se não tivessem sido tratados pelo presidente do Congresso Nacional”, disse o procurador.

Ele explicou que as pessoas envolvidas possuem influência em todos os setores do poder e que o Ministério Público vai precisar da força de políticos comprometidos para que a Operação não seja impedida.

“É, sim, possível e até provável, pois quem conspira contra ela são pessoas que estão dentre as mais poderosas e influentes da República. À medida que as investigações avançam em direção a políticos importantes de diversos partidos, a tendência é que os que têm culpa no cartório se unam para se proteger. É o que se percebe nos recentes áudios que vieram a público. Neles, os interlocutores dizem que alertaram diversos outros políticos quanto ao perigo do avanço da Lava Jato. É feita também a aposta num ‘pacto nacional’ que, conforme também se extrai dos áudios, tinha como objetivo principal acabar com a Lava Jato. Não podemos compactuar com a generalização de que políticos são ladrões, porque ela pune os honestos pelos erros dos corruptos e desestimula pessoas de bem a entrarem na política. Contamos com a proteção de políticos comprometidos com o interesse público, mas não podemos menosprezar o poder das lideranças que estão sendo investigada”.
 Atualizado em 13-6-2015, às 17:38h
__
MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’. MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, junho 13, 2016 Rating: 5

SE VOCÊ TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é um site de jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se você não tem uma conta no PayPal, não há necessidade de se inscrever para doar ou assinar, você pode apenas usar qualquer cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD