Header AD

MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’.

Para o Ministério Público Federal,  Sarney era o “chefe de todos os chefes” do esquema do PMDB.


Ao justificar o pedido de prisão domiciliar com uso de tornozeleira eletrônica para José Sarney, o Ministério Público Federal descreve a atuação do ex-presidente como a do “capo di tutti capi”, ou “chefe de todos os chefes” do PMDB.

O Ministério Público Federal pediu a prisão de Sarney ao Ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, na última segunda-feira, 6, depois que gravações de conversas o flagraram articulando para obstruir a operação Lava Jato. Pedido aguarda análise do Ministro.

Procuradores dizem que nada acontecia no esquema de propina para o PMDB sem a bênção de Sarney.


Lava-Jato pode ser encerrada? Procurador da República diz que sim.

Procurador diz que Sarney Renan e Jucá podem acabar com a Operação Lava Jato  - 13 de junho de 2016 | Por: Leandro Miranda.

As gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, mostraram que existe uma trama para paralisar a Operação Lava jato, e quem esta na linha de frente é o senador Renan Calheiros (AL), o ex-presidente José Sarney (AP) e o senador e ex-ministro do Planejamento Romero Jucá (RR). Quem garante isso é o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, que disse ser “possível e até provável” que as investigações do maior escândalo de corrupção do País acabem.

Dallagnol explicou que as conversas expuseram uma trama para “acabar com a Lava Jato”. “Esses planos seriam meras especulações se não tivessem sido tratados pelo presidente do Congresso Nacional”, disse o procurador.

Ele explicou que as pessoas envolvidas possuem influência em todos os setores do poder e que o Ministério Público vai precisar da força de políticos comprometidos para que a Operação não seja impedida.

“É, sim, possível e até provável, pois quem conspira contra ela são pessoas que estão dentre as mais poderosas e influentes da República. À medida que as investigações avançam em direção a políticos importantes de diversos partidos, a tendência é que os que têm culpa no cartório se unam para se proteger. É o que se percebe nos recentes áudios que vieram a público. Neles, os interlocutores dizem que alertaram diversos outros políticos quanto ao perigo do avanço da Lava Jato. É feita também a aposta num ‘pacto nacional’ que, conforme também se extrai dos áudios, tinha como objetivo principal acabar com a Lava Jato. Não podemos compactuar com a generalização de que políticos são ladrões, porque ela pune os honestos pelos erros dos corruptos e desestimula pessoas de bem a entrarem na política. Contamos com a proteção de políticos comprometidos com o interesse público, mas não podemos menosprezar o poder das lideranças que estão sendo investigada”.
 Atualizado em 13-6-2015, às 17:38h
__
MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’. MPF a Sarney: ‘capo di tutti capi’. Reviewed by Nezimar Borges/ Ana Maria Marat on segunda-feira, junho 13, 2016 Rating: 5



SE O LEITOR TEM ALGUMA NOTÍCIA PARA COMPARTILHAR, ENVIE PARA O WHATSAPP (96)98135-3197.


O Diário do Meio do Mundo é espaço dedicado ao jornalismo independente. Contribua para mantê-lo online. Obrigado! Se não tem conta no PayPal, não é necessidade se inscrever para doar ou assinar, basta apenas usar o cartão de crédito ou de débito. Para quem prefere fazer depósito em conta: Banco do Brasil; Agência: 2825-8; CC: 219.880-0.


Post AD